Mercado abrirá em 5 h 47 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,60
    +0,33 (+0,50%)
     
  • OURO

    1.870,80
    +3,20 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    45.088,41
    +432,15 (+0,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.250,16
    +52,24 (+4,36%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.032,85
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    28.551,50
    +357,41 (+1,27%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.411,50
    +108,00 (+0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Andrea Pinheiro deixa banco de investimento BR Partners: Fontes

Cristiane Lucchesi
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Andrea Pinheiro deixou o banco de investimento BR Partners, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A executiva, que se juntou à então butique de fusões e aquisições há 11 anos, se desligou recentemente do banco, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas pois nenhum anúncio público foi feito.

Andrea Pinheiro e o BR Partners não quiseram comentar.

O BR Partners foi fundando em 2009 por Ricardo Lacerda, ex-presidente do Goldman Sachs Group no Brasil, e se tornou banco em janeiro de 2012. A instituição financeira anunciou que planeja fazer uma oferta de ações.

Andrea Pinheiro vem de uma família de banqueiros que fundou o Banco BMC em 1939 em Fortaleza, no Ceará. O pai de Andrea, Jaime Pinheiro, vendeu a instituição para o Banco Bradesco SA por cerca de R$ 800 milhões em 2007.

O primeiro trabalho de Andrea foi como estagiária no BMC e depois gerente financeira na Cotece SA, empresa têxtil de sua família. Ela também trabalhou no time de fusões e aquisições e depois de analistas do SG Warburg & Co., hoje UBS AG.

Após o UBS, Andrea se tornou o braço direito de Jaime Pinheiro como diretora vice-presidente responsável pelas áreas de relações com investidores, controles, financeira, marketing e planejamento do BMC. Com a venda do banco, ficou dois anos no Bradesco supervisionando a área de crédito consignado e depois tirou um período sabático até Lacerda, o presidente do BR Partners, persuadi-la a se juntar à sua equipe.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.