Mercado abrirá em 5 h 44 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,34
    +0,04 (+0,05%)
     
  • OURO

    1.780,20
    +3,50 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    34.280,17
    +1.163,02 (+3,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    823,29
    +36,67 (+4,66%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.126,42
    +16,45 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    29.265,21
    +382,75 (+1,33%)
     
  • NIKKEI

    29.066,18
    +190,95 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    14.358,25
    +4,00 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8696
    +0,0073 (+0,12%)
     

Anatel já apreendeu mais de um milhão de produtos irregulares em 2021

·1 minuto de leitura

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) superou a marca de um milhão de produtos irregulares apreendidos em 2021. Depois de bater o recorde histórico no primeiro trimestre, com 600 mil eletrônicos confiscados, a agência só precisou chegar até maio para recolher precisamente 1.125.539 itens, outro recorde. Essa ação fez parte do Plano de Ação de Combate à Pirataria (PACP), iniciado em 2018 em parceria com a Receita Federal.

Os principais produtos retidos foram carregadores de celulares, equipamentos de radiação restrita (Wi-Fi, Bluetooth) e set top boxes. A lista de produtos fiscalizados inclui ainda baterias, cabos metálicos, equipamentos de rede de dados, equipamentos óticos, bloqueadores de sinais, reforçadores de sinais, entre outros.

A obtenção da certificação de homologação da Anatel é necessária para que determinados produtos para telecomunicações sejam comercializados no País. A homologação garante ao consumidor que a qualidade e a segurança dos equipamentos estejam de acordo com a regulamentação brasileira. Ao adquirir um produto para telecomunicação não-homologado, o consumidor não tem a garantia de assistência técnica em caso de defeito nem a garantia de que aquele equipamento não ocasionará um acidente doméstico.

Imagem: Anatel
Imagem: Anatel

Alguns produtos retidos podem ser regularizados e retornar ao mercado nacional, desde que sejam aprovados nos processos de certificação e de homologação e não estejam relacionados a pirataria de conteúdo ou falsificação de selos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos