Anatel amplia nono dígito para celulares do RJ, ES e interior de SP

SÃO PAULO - Os celulares dos consumidores do Rio de Janeiro, Espírito Santo e interior de São Paulo terão nove dígitos. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a mudança acontecerá a partir de 25 de agosto deste ano para as áreas de registro 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19 (estado de SP) e no dia 27 de outubro nos celulares das áreas 21, 22 e 24 (estado do RJ) e 27 e 28 (estado do ES).

A medida dá continuidade ao processo de aumento da disponibilidade de números de telefones móveis no Brasil, iniciado em 2012 com as cidades de código 11 (cidade de São Paulo e região metropolitana). Em comunicado publicado no DOU (Diário Oficial da União), a agência confirma que o nono dígito será incrementado em todo o País até 2016.

A partir das datas estabelecidas para a mudança, o dígito 9 será acrescentado à esquerda dos atuais números de celular. No momento da discagem, o nono dígito deverá ser acrescentado por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para celulares dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, independentemente do local de origem da chamada.

Período de adaptação
As ligações discadas com oito dígitos ainda serão completadas por 40 dias após as datas estipuladas para cada estado. Passado o período, as chamadas feitas com oito dígitos serão interceptadas pela prestadora e o usuário será orientado a usar a nova numeração. As mensagens SMS e MMS também não serão enviadas se forem usados apenas os oito dígitos.

Depois de 100 dias da mudança, as chamadas não serão mais completadas e o usuário ouvirá a mensagem de número inexistente sem qualquer orientação sobre a nova forma de discagem.

As mudanças são válidas apenas para celulares. Números de rádio e telefone fixo permanecerão iguais. O prazo para a inclusão do nono dígito no restante do País pode ser visto aqui.

Carregando...