Analistas baixam previsão de crescimento para 3,10% em 2013

Rio de Janeiro, 28 jan (EFE).- Os analistas do mercado preveem que a economia brasileira crescerá neste ano 3,10%, menos que os 3,19% projetados há uma semana, e que a inflação será de 5,67%, acima dos 5,65% calculados, segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central.

As novas previsões estão no Boletim Focus, uma pesquisa realizada semanalmente pelo organismo emissor entre os economistas de uma centena de instituições financeiras.

Esta foi a quarta semana consecutiva em que os analistas elevaram sua projeção para a inflação este ano, que era de 5,47% há um mês.

Segundo a nova previsão, o índice de preços no Brasil em 2013 será ligeiramente superior ao de 2012, que foi de 5,84%.

Os analistas preveem igualmente que a inflação manterá essa tendência de redução lenta e que descerá para 5,50% em 2014.

Essas previsões indicam que a inflação tanto neste ano como no próximo estará acima do centro da meta do governo, de 4,5% anual, embora dentro da margem de tolerância, que é de dois pontos percentuais, o que permite que o índice chegue até 6,5%.

Os analistas reduziram sua previsão para o crescimento da economia de 3,24% no final do ano passado para 3,10%, na última pesquisa.

A nova projeção para o crescimento indica que a economia começará a se recuperar em 2013 após a desaceleração que sofreu nos dois últimos anos como consequência da crise internacional.

Após ter registrado uma expansão de 7,5% em 2010, o crescimento da economia brasileira foi de apenas 2,7% em 2011 e, segundo as últimas projeções, não deve passar de 1,0% em 2012.

Quanto a 2014, os economistas do mercado elevaram sua previsão de crescimento de 3,60%, divulgada há uma semana, para 3,65% na nova pesquisa. EFE

Carregando...