Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.273,32
    +650,29 (+1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Analista diz que ações de maconha podem valorizar mais de 50%

·3 minuto de leitura
Marijuana leaves portraying a stock market price rise.
Marijuana leaves portraying a stock market price rise.

Uma importante analista especializada em cannabis acredita que a alta das ações de maconha está só começando. Projeta-se uma valorização de mais de 50% em virtude da probabilidade de ocorrer uma reforma legislativa relativa à maconha, agora que os democratas assumiram o controle do Senado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Vivien Azer, diretora geral da Cowen, explicou seu raciocínio em uma entrevista ao Yahoo Finance Live, na quinta-feira, indicando que a reforma poderia abrir portas para muitas operadoras interestaduais dos Estados Unidos finalmente terem acesso a serviços bancários tradicionais e começarem a negociar nas principais bolsas americanas, assim como fazem as operadoras canadenses.

Leia também:

As regulações em vigor impedem que empresas de cannabis americanas que lidam diretamente com a planta sejam listadas na Nasdaq ou na Bolsa de Valores de Nova York, o que pode mudar com a possível remoção da cannabis da lista de substâncias regulamentadas pelo governo federal.

"Ainda não temos certeza porque não sabemos quando [o projeto de lei] pode ser aprovado, mas estimamos que deva acontecer no segundo semestre de 2021 ou no primeiro semestre de 2022", disse Azer. "Mas estamos considerando que pode haver uma alta de até 50% nos múltiplos de receita das operadoras americanas exclusivamente por conta da relistagem nas bolsas do país."

É importante ressaltar que essa alta não leva em consideração outros fatores aceleradores, como a receita adicional proveniente de cinco estados que começaram a venda legal de cannabis, depois que os eleitores aprovaram a legalização para o consumo recreativo ou medicinal da maconha. Em Nova Jersey, onde os eleitores aprovaram a maconha recreativa por meio de plebiscito, Azer espera que o projeto de lei seja finalizado logo no verão, com os números de receita crescendo no segundo semestre deste ano.

A iniciativa em Nova Jersey também colocou mais uma vez a legalização da cannabis na linha de frente do governador de Nova York. Andrew Cuomo pediu mais uma vez aos legisladores estaduais que aprovem um projeto para legalizar a cannabis em seu Discurso Anual sobre o Estado da União na segunda-feira, repetindo 2019 e 2020, antes de as tratativas estagnarem. Azer e outros analistas acreditam que essa tentativa finalmente trará resultados que se somariam a um crescimento total de US$ 40 bilhões do mercado de cannabis dos Estados Unidos até 2025, considerando a legalização em novos estados.

Azer afirma que suas ações recomendadas são as das empresas americanas mais preparadas para se beneficiar do estímulo de curto prazo com o início da comercialização legal da cannabis em mais estados. Entre elas, estão a Green Thumb Industries (GTBIF), a Curaleaf (CURLF) e a Cresco Labs (CRLBF). Todas elas compõem uma parcela significativa do ETF (Fundo negociado em bolsa) de operadoras multiestado (MSOS) da AdvisorShares.

Zack Guzman é um dos apresentadores do Yahoo Finanças Live que acontece das 11h às 13h. Além disso, é redator sênior e repórter responsável pela cobertura de notícias de empreendedorismo, cannabis, startups e de última hora no Yahoo Finanças. Siga Zack no Twitter @zGuz.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos