Anac: tarifa aérea média doméstica cai 36% em dez anos

A tarifa aérea média doméstica foi de R$ 272,64 no primeiro semestre de 2012, valor 36,2% menor em relação ao mesmo período de 2002 - quando ficou em R$ 427,16, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Conforme o Relatório de Tarifas Aéreas, na comparação com o primeiro semestre de 2011, a tarifa aérea média doméstica dos seis primeiros meses de 2012 apresentou redução de 1,1%.

Ainda de acordo com a Anac, o valor referente ao segundo trimestre de 2012, de R$ 258,59, teve redução de 6,2% se comparado ao mesmo período do ano passado. Já o primeiro trimestre deste ano apresentou aumento de 4,5% em relação ao mesmo período de 2011, para R$ 287,88.

O indicador representa o valor médio pago pelo passageiro por uma viagem aérea em território brasileiro, em razão dos serviços de transporte aéreo. Os valores apresentados são calculados com base nos dados das tarifas aéreas domésticas comercializadas pelas empresas aéreas, mensalmente registradas na Anac, e são atualizados pelo IPCA até o mês mais recente apresentado no Relatório de Tarifas Aéreas.

Yield

Ainda segundo a Anac, o yield tarifa aérea doméstico - indicador que representa o valor médio pago por passageiro para voar 1 quilômetro em território nacional - caiu de R$ 0,70 para R$ 0,34 em dez anos, na comparação entre o primeiro trimestre deste ano e o mesmo período de 2002. No primeiro semestre de 2012, o indicador recuou em relação ao mesmo período de 2011, quando o valor foi de R$ 0,35.

No segundo trimestre de 2012, o yield tarifa aérea doméstico caiu de R$ 0,36 para R$ 0,33 na comparação com o mesmo período de 2011. No primeiro trimestre de 2012, por sua vez, houve aumento do indicador ante igual intervalo do ano passado: de R$ 0,35 para R$ 0,36.

Carregando...