Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,15
    -0,44 (-0,40%)
     
  • OURO

    1.815,10
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    29.037,88
    -1.424,56 (-4,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,57
    -20,11 (-3,00%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.905,50
    -30,00 (-0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2227
    +0,0044 (+0,08%)
     

Anac revoga certificado de operador aéreo da Itapermirin

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) revogou o certificado de operador aéreo da Itapemirim Transportes Aéreos, a ITA. Com isso, a empresa não tem mais autorização para prestar serviço de transporte aéreo no país.

A decisão foi publicada na edição desta quinta-feira (5) do Diário Oficial da União.

No fim do ano passado, a Itapemirim suspendeu as operações no Brasil e cancelou ao menos 514 voos, prejudicando milhares de pessoas. O órgão disse ainda que a Itapemirim não cumpriu o Código de Defesa do Consumidor ao deixar de informar a situação da companhia aos seus clientes. Ontem, a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) decidiu multar a companhia em R$ 3 milhões. A companhia ainda pode recorrer.

A decisão de aplicar a punição financeira, no entanto, não significa ressarcimento aos consumidores atingidos, que terão que buscar acordos individuais ou recorrer à Justiça.

O empresário Galeb Baufaker Júnior pretendia comprar a ITA, mas desistiu do negócio, ao menos temporariamente, após a Justiça de São Paulo decretar o bloqueio dos bens das empresas do grupo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos