Mercado abrirá em 1 h 39 min
  • BOVESPA

    110.132,53
    +346,23 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.200,59
    -535,89 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,09
    -0,62 (-1,36%)
     
  • OURO

    1.818,50
    +7,30 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    17.284,56
    -694,61 (-3,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    337,18
    -33,34 (-9,00%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.360,07
    -31,02 (-0,49%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    +240,45 (+0,91%)
     
  • NASDAQ

    12.198,25
    +46,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3350
    -0,0027 (-0,04%)
     

Ana Paula Araujo sobre jornalismo: "Em época de pandemia, fake news vira até risco de vida"

Amanda Serra
·1 minuto de leitura

E na terceira parte do Yahoo Entrevista com a jornalista Ana Paula Araujo, ela fala justamente sobre a importância de fazer jornalismo em tempos em que o nosso trabalho é tão questionado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Nesse momento de pandemia um renascimento do jornalismo, de as pessoas começarem a dar mais importância. Porque em época de pandemia, fake news vira até risco de vida né?! Eu acho que é uma profissão que como todas tem seus momentos de crise, seus altos e baixos, mas acho que não existe democracia e sociedade sem jornalismo, é uma luta muito grande contra as fake news, contra as agressões diárias aos jornalistas mas eu acho nós vamos sair mais fortes disso", afirma a âncora do "Bom Dia Brasil".

Uma das vencedoras do Emmy Internacional em 2010, por conta da sua atuação na cobertura da ocupação do Complexo do Alemão, Ana Paula revela um segredo de sobrevivência.

"Tenho uma capacidade enorme de esperar o tempo que for para ir ao banheiro. Quando eu fiz a cobertura lá do morro do Alemão, da invasão, eu fiquei 8 horas ao vivo direto, e eu não podia comer nada...eu só bebia líquido para poder dar uma alimentada e não estar mastigando e de repente ser pega de surpresa. As pessoas comentavam no Twitter que eu era eu era campeã mundial de prender xixi", relembra a jornalista.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Confira o papo completo no vídeo acima e os últimos episódios abaixo