Mercado abrirá em 1 h 45 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,13
    +0,68 (+0,90%)
     
  • OURO

    1.732,60
    -19,40 (-1,11%)
     
  • BTC-USD

    41.946,37
    -1.722,54 (-3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.040,46
    -61,06 (-5,54%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.036,64
    -26,76 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.973,50
    -221,25 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2871
    -0,0197 (-0,31%)
     

Ana Patrícia e Rebecca são eliminadas nas oitavas em Tóquio

·2 minuto de leitura


O Brasil não tem mais representantes no torneio de vôlei de praia feminino em Tóquio. Na noite desta segunda-feira, Ana Patrícia e Rebecca foram derrotadas pelas suíças Anouk Verge-Depre e JoanaHeidrich por 2 sets a 1 – parciais de 21-19, 18-21, 15-12 – no Shiokaze Park, e deram adeus à competição nas oitavas de final.

Ana Patrícia e Rebecca marcaram 33 pontos de ataque, 4 de bloqueio, 1 de saque e cederam 11 erros. As suíças fizeram 33 pontos de ataque, 5 de bloqueio, 4 de saque e erraram 14 vezes.

+Vôlei, futebol, boxe, vela e atletismo: confira a agenda completa do dia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

O Brasil tem agora apenas uma dupla viva nos Jogos do Japão, Alison e Álvaro Filho, que enfrentam Plavins e Tocs, da Letônia, time que eliminou Bruno Schmidt e Evandro nas oitavas, nesta terça-feira, às 22h, por vaga nas semifinais do torneio. Ágatha e Duda se despediram de Tóquio ontem, também nas oitavas de final, na derrota para as alemãs Laura Ludwig e Margareta Kozuch.

Por vaga nas semifinais, Verge-Depre e Heidrich enfrentarão a dupla norte-americana April Ross e Alix Klineman, que eliminaram, hoje, Ludwig/Kozuch por 2 a 0 (21-19, 21-19).

Depois de um início de primeiro set bom, forçando o saque, a dupla brasileira teve os ataques amortecidos e defendidos pelas suíças, que fecharam o set em 21 a 19. Ana Patrícia e Rebecca voltaram mais agressivas na segunda parcial, com Ana Patrícia bem no bloqueio e Rebecca virando os ataques com eficiência. As suíças reagiram na segunda metade do set, defendendo os ataques e chegaram a encostar em 20 a 18, mas o set foi verde-amarelo por 21 a 18.

No tie-break, o Brasil abusou dos erros dos contra-ataques. A dupla suíça, que passou o jogo inteiro sacando na Rebecca, começou a sacar na Ana Patrícia. Testou e deu certo. Contou com dois erros consecutivos da mineira e manteve o jogo equilibrado até o 10 a 9. Na reta final do tie-break, a dupla brasileira cometeu três erros, inclusive o erro de saque que deu o 15º ponto para as europeias.

Confira o calendário e o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos