Mercado abrirá em 4 h 47 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,45
    +1,16 (+1,65%)
     
  • OURO

    1.760,50
    -3,30 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    43.168,47
    -1.828,59 (-4,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.083,67
    -50,72 (-4,47%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.976,73
    +72,82 (+1,05%)
     
  • HANG SENG

    24.261,70
    +162,56 (+0,67%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.145,75
    +136,25 (+0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2897
    +0,0450 (+0,72%)
     

Ana Marcela Cunha conquista medalha de ouro na maratona aquática

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SANTOS: A maratonista aquática brasileira Ana Marcela Cunha. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)
***ARQUIVO***SANTOS: A maratonista aquática brasileira Ana Marcela Cunha. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A baiana Ana Marcela Cunha, 29, conquistou medalha de ouro na maratona aquática de 10 km nas Olimpíadas de Tóquio-2020, no Odaiba Marine Park, na capital japonesa, nesta terça-feira (3, horário de Brasília), já manhã de quarta (4) no Japão.

Ela completou a prova em 1h59min30seg, à frente da holandesa Sharon van Rouwendaal, com o tempo 1h59m31s7, e da australiana Kareena Lee, 1h59m32s5.

A prova teve início às 6h30 (18h30 em Brasília) e já com sol escaldante e temperatura de 29ºC. Ana Marcela, que optou por não se hidratar na primeira volta, começou na liderança.

Na segunda volta, a norte-americana Ashley Twichell passou à frente e apresentava uma frequência de braçadas superior: 46 ante 37 da brasileira por minuto. Após Ashley optar pela hidratação, Ana retomou a ponta, na terceira volta, e completou a primeira metade da prova na liderança.

A partir da quinta volta, a alemã Leonie Beck acelerou e ultrapassou Ana e Twichell. A partir do 8,8 km de prova, Ana aumentou o volume de braçadas e tomou a liderança da alemã.

É a segunda medalha do país em prova de maratona aquática nas Olímpiadas. Antes de Ana Marcela, Poliana Okimoto conquistou o bronze nos Jogos do Rio-2106.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos