Mercado abrirá em 7 h 35 min
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,63
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.784,80
    +1,90 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    32.802,23
    -1.220,93 (-3,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    789,33
    -61,01 (-7,17%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.468,51
    -20,49 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    28.865,30
    +854,37 (+3,05%)
     
  • NASDAQ

    14.138,75
    +8,75 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9719
    -0,0034 (-0,06%)
     

Ana Hickmann se casou com 16 anos e lembra: “Foi uma necessidade”

·3 minuto de leitura
Ana e Alexandre são casados há 22 anos (Reprodução / Instagram @ahickmann)
Ana e Alexandre são casados há 22 anos (Reprodução / Instagram @ahickmann)

Ana Hickmann e Alexandre Correa estão comemorando 22 anos de casados. A data, o último dia 14, é celebrada pela apresentadora. Eles são pais de Alexandre, de 6 anos, fruto do relacionamento.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Casei faltando duas semanas para fazer 17. Certeza nenhum dos dois tinha. Mas no momento ali foi uma necessidade. A gente estava namorando há alguns meses, mais ou menos uns oito. Estava me preparando para ir para a França para trabalhar (como modelo)”, começou a recordação em entrevista a Thais Fersoza.

Leia também

Mas para ela conseguir trabalhar no país precisava ser maior de idade ou emancipada. Então Alexandre fez uma proposta. “O mais rápido seria o casamento, tecnicamente falando. Lógico que com a concordância do meu pai e da minha mãe. Aí o Alexandre olhou para mim e falou: ‘Por que a gente não se casa hoje, vai ao cartório, fala com seus pais? Amanhã a gente separa e está tudo certo. Mas você consegue sua emancipação rápida’”, lembrou.

Incomodada com a ideia de se separar logo em seguida, Ana rebateu: “‘Não sou mulher de me casar e o negócio acabar desse jeito. Posso ser novinha, mas não sou mulher para isso, não. Se o negócio vai ser, vai ser de verdade. Vai juntar os trapinhos e acabou’. Ele virou para mim e falou: ‘Tá bom’”, comentou sobre o começo da união.

Revivendo essa história ela analisou com poderia ter dado certo nos dias de hoje. “Não sei como seria hoje se eu não tivesse encontrado o Alê e a gente não tivesse começado a nossa história desse jeito. Acho que essas experiências fazem com que tudo isso possa acontecer (o relacionamento ser bem-sucedido). Eu tenho certeza de que vai ser assim para o resto da vida”, profetizou.

Aumentar a família

Por conta do aparecimento do sars-cov-2, o novo coronavírus, o casal decidiu adiar a chegada de um segundo filho. “Como a gente não sabe ainda o que pode acontecer com quem for acometido pela covid-19, eu tenho medo de engravidar hoje. Por exemplo, o zika vírus. Ninguém sabia que poderia ter consequências para o bebê”, lembrou sobre o agente transmitido pelo aedes aegypti que causa microcefalia em fetos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Mas a vontade de aumentar a família não foi descartada. “Parei para pensar e falei: ‘Alê, a gente pode querer muito, mas será que não é mais seguro só esperar um pouquinho?’. Filho a gente pode ter de barriga ou não. A gente é muito tranquilo em relação a isso”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos