Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    50.046,12
    +641,30 (+1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Análise | Volkswagen Tiguan R-Line leva tecnologia e esportividade às famílias

Felipe Ribeiro
·6 minuto de leitura

Lançada em 2018, a segunda geração do Tiguan veio para competir com o ainda dominante Jeep Compass na categoria de SUVs médios. Com porte maior que a maioria dos rivais e motor competente, nem mesmo esse diferencial fez do utilitário um campeão de vendas. Isso, porém, não diminui em nada o seu brilho.

Com a chegada do Volkswagen Taos em maio, o Tiguan passará a ser comercializado em versão única, a 350 TSI R-Line, que até então era a topo de gama quando ainda era possível comprar a variante 250 TSI. Nesse modelo, avaliado agora pelo Canaltech, o carro mostra porque é uma das opções mais completas no saturado mercado de SUVs.

Isso porque ele ostenta um motorzão 2.0 turbo de 220cv, o mesmo que equipava o extinto Golf GTI; um espaço de dar inveja aos rivais e muitos equipamentos tecnológicos, como o piloto automático adaptativo e o alerta de frenagem automática de emergência. Entretanto, com o rápido avanço dessa categoria de SUVs médios, o Tiguan já exibe sinais de que precisa passar por uma atualização, que deve ocorrer somente no ano que vem.

O Canaltech passou um período com o Volkswagen Tiguan R-Line e vai te contar a experiência de uso de um dos melhores e mais completos SUVs do mercado.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Conectividade e Segurança

Como citamos acima, os modelos concorrentes do Volkswagen Tiguan evoluíram rapidamente e trouxeram inúmeros equipamentos e melhorias tecnológicas à categoria, sobretudo o novo Jeep Compass e o Ford Territory. Mas, mesmo assim, o utilitário alemão (que é produzido no México), não faz feio em hipótese alguma.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

No campo da conectividade, o Tiguan é equipado com uma belíssima central multimídia de 8 polegadas que trabalha aliada a um sistema de som assinado pela Dynaudio, com quatro alto-falantes e quatro tweeters, que entregam qualidade de áudio de primeira qualidade e sem distorções, com a música sendo bem ouvida por todos os ocupantes, mesmo os da terceira fileira de bancos.

A central multimídia, aliás, dispõe de uma tela com ótima resolução, compatibilidade com Android Auto e Apple Car Play e GPS nativo. Faz falta aqui, contudo, a nova VW Play, um dos melhores conjuntos de infotenimento disponíveis no mercado e que já equipa modelos inferiores dentro da gama da Volkswagem, como o Nivus, o T-Cross e o vindouro Taos.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Indo para a segurança, o Tiguan apresenta um ótimo conjunto tecnológico e de sistemas de proteção e auxílio na condução do motorista. Além dos sete airbags, o destaque fica por conta do piloto automático adaptativo, que funciona tão bem quanto outros avaliados em diferentes concorrentes, e o alerta de colisão frontal, que trabalha em parceria com o sistema de frenagem automática de emergência.

Há, também, o programa de estacionamento automático, o Park Assist, que faz a baliza para você em vagas paralelas e perpendiculares, sejam elas nas ruas ou em shoppings e supermercados. Mas, se você mesmo quiser estacionar seu Tiguan, há uma excelente câmera de ré e sensores 360º para ajudar com colisões e batidinhas.

No entanto, sentimos falta de um alerta de tráfego cruzado, sensor de ponto cego e o sistema de auxílio de permanência em faixa, algo comum dentro dessa categoria e faixa de preço.

Conforto e experiência de uso

O Volkswagen Tiguan R-Line é equipado com um baita conjunto mecânico, o 350 TSI de 220cv e 35,7 kgf/m de torque, acoplado a um câmbio automatizado de sete marchas, fazendo com que o SUV seja capaz de ir de 0 a 100 em 6,8 segundos, um dos melhores desempenhos no segmento, de longe. Isso, porém, torna a condução no utilitário um pouco diferente dos demais, já que a Volkswagen optou por dar-lhe um acerto de suspensão mais firme, voltado à esportividade.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Portanto, mesmo que haja tração nas quatro rodas e um amplo espaço interno, o Tiguan não é necessariamente um carro confortável, macio, já que, ao rodar pelas ruas esburacadas de São Paulo, a cabine recebe bem as imperfeições do solo. Por vezes, foi possível sentir algumas batidas secas nos amortecedores, uma reclamação recorrente na versão R-Line.

Apesar disso, há muito espaço e cinco adultos viajam sem aperto, isso sem falar na última fileira de bancos, que recebe duas crianças sem maiores problemas. E para expandir esse espaço, aliás, tudo é feito com enorme facilidade, mesmo com a ausência de controles elétricos nesses bancos da última fileira. Para ajudar, o porta-malas possui abertura elétrica e automática, mas sem o sensor presencial.

No uso geral, o Tiguan R-Line se mostra como um veículo que atende a todas as necessidades. Apesar de seu tamanho, é muito fácil de manobrar e seu desempenho é espetacular, com acelerações agressivas e retomadas vigorosas. O consumo, apesar de toda essa cavalaria, ficou em boas médias dentro da cidade, beirando os 9 km/l na gasolina, único combustível aceito pelo SUV.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Falando em equipamentos, o Tiguan R-Line está bem atendido. O pacote contempla ar-condicionado dual zone, digital e automático, ar-condicionado para os bancos traseiros (também digital), resfriamento dos bancos dianteiros, retrovisor eletrocrômico, rebatimento automático dos retrovisores laterais, ajustes elétricos dos bancos, controles do multimídia nos volantes, chave presencial, duas entradas USB, seletor de tração com quatro opções, sistema start-stop, teto solar panorâmico, botão auto-hold e freio de mão eletrônico.

Design e acabamento

Quando falamos em design e acabamento, o Tiguan se destaca — e muito. A versão topo de gama tem uma aparência bem agressiva, com saias dianteiras, laterais e traseiras. O conjunto óptico é em Full-LED e as rodas são em 19 polegadas.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

No interior, os materiais são de enorme qualidade, com um painel inteiro em soft touch, bons arremates nas portas e bancos com couro extremamente macio e bem feito. O volante também é revestido em couro, bem como o apoio de braço, que recebe abaixo um bom porta-objetos.

Veredicto e Coeficiente Canaltech

O Volkswagen Tiguan R-Line é o SUV capaz de atender papais, mamães, avós e filhos de uma só vez. Extremamente divertido de guiar e com muito espaço interno, ele pode, facilmente, ser o único carro de uma família. Seu pacote de tecnologia e segurança também sustenta essa ideia, o transformando em uma das melhores opções do mercado em SUV médio.

O Volkswagen Tiguan R-Line pode ser encontrado em concessionárias de todo o Brasil por R$ 221.350.

No Canaltech, o Volkswagen Tiguan R-Line foi avaliado graças a uma unidade gentilmente cedida pela Volkswagen do Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: