Mercado abrirá em 2 h 37 min

Análise gráfica do Bitcoin sugere mais um tombo como o de junho

(Bloomberg) -- O mais recente padrão gráfico do Bitcoin sugere que os especuladores de criptomoeda devem se preparar para mais um tombo.

Os movimentos de preço do maior token digital traçam um padrão conhecido como cunha ascendente, que os analistas técnicos veem como uma espécie de calmaria antes da tempestade – uma interrupção temporária de uma pressão de queda intensa no preço de um ativo.

Uma cunha crescente também havia se formado entre maio e junho, em um respiro após um forte recuo nos meses anteriores, apenas para dar lugar a um mergulho de 42% que levou a moeda virtual de mais de US$ 30.000 para uma mínima de US$ 17.600.

As opiniões estão divididas sobre se o token encontrou um piso em torno de US$ 20.000 após uma queda de 57% este ano provocada pelo aperto monetário, a implosão de empresas de criptomoedas alavancadas e o pessimismo nos mercados globais.

Na última pesquisa MLIV Pulse do blog de mercados da Bloomberg, os entrevistados estavam do lado dos pessimistas: a maioria disse que é mais provável que o token caia para US$ 10.000 do que suba para US$ 30.000. A moeda registrou queda de até 4.2%, para US$ 19.546,77 na terça-feira.

“Não apenas o ambiente de mercado mais amplo não está a seu favor, mesmo que um ocasional rali de mercado de baixa inspire alguma esperança, mas a comunidade de criptomoedas também não está exatamente entusiasmada”, disse Craig Erlam, analista sênior de mercado da Oanda, em nota.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos