Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.132,20 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,62 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -0,32 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    36.590,12
    +1.589,46 (+4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +76,96 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,12 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -43,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3867
    +0,0732 (+1,16%)
     

Análise | FIFA 21 está deslumbrante na nova geração, mas jogabilidade é a mesma

Felipe Ribeiro
·5 minuto de leitura

A chegada dos videogames de nova geração contou com poucos jogos otimizados para eles. Mas um dos títulos em que foi prometida uma otimização completa para Xbox Series X e S e PlayStation 5 foi justamente FIFA 21, lançado no mês de outubro inicialmente para Xbox One, PlayStation 4 e PC.

Inicialmente, a EA Sports fez muito mistério com relação à versão para os novos consoles. Muito pouco foi mostrado e falado, sobretudo pelo fato de o jogo padrão estar com bugs bizarros e algumas falhas de gameplay, mesmo depois de várias atualizações. Toda essa estratégia pôde ser compreendida quando, finalmente, o jogo otimizado para Xbox Series X e S e PlayStation 5 foi lançado no dia 4 de dezembro.

Por mais que ainda existam falhas e pontos a serem corrigidos, o salto gráfico de FIFA 21 na nova geração é um deleite para os fãs do jogo. São inúmeras melhorias, sobretudo nas animações após os gols e em detalhes nos jogadores que, antes, não era possível de se trabalhar. Além disso, a fluidez do game, principalmente nos menus, outro problema crônico de FIFA, é de cair o queixo.

O que melhorou?

Em nossa análise da versão padrão de FIFA 21, abordamos todo o game e seus conteúdos, que o colocam como o mais completo já lançado em todos os tempos. Entretanto, de lá para cá, a EA fez algumas mudanças na jogabilidade e tentou corrigir problemas relatados pela comunidade, como bugs de animação e situações de jogo bizarras, principalmente aquelas em que a inteligência artificial precisa trabalhar. A impressão geral é de que FIFA 21 nada mais é do que uma versão um pouco melhorada do enormemente criticado FIFA 20.

Problemas à parte, vamos ao que interessa. O que de fato melhorou na versão otimizada de FIFA 21?

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Aqui no Canaltech experimentamos o jogo no Xbox Series S e depois no Series X, que nada mais é do que o mesmo game no PlayStation 5. Os gráficos, tempos de loading e melhorias gerais de performance são idênticos nos três consoles, com a diferença que, no Series S, FIFA 21 chega "apenas" aos 1440p de resolução.

Antes de irmos ao gameplay, o que é possível sentir ao rodar FIFA 21 em ambos os consoles é a velocidade como as coisas acontecem. Da tela inicial à chegada ao Menu, são poucos segundos. Depois disso, conseguimos navegar sem os constantes engasgos que aconteciam não apenas na versão de Xbox One e PS4, mas em outros jogos passados da franquia. A interface de FIFA sempre foi pesada e problemática, mas isso agora acabou.

Já quando vamos para o jogo, independentemente se estamos no VOLTA Football ou nas partidas tradicionais offline, não existem mais telas de loading. É escolher os times, montá-los como você quiser e ir para o campo/quadra. A famigerada tela de carregamento na franquia, até então, era o campinho da arena, em que você batia bola com seu oponente. Isso agora só no online.

Agora sim, o visual

Como citamos, a EA não modificou em nada a jogabilidade, portanto as melhorias são apenas técnicas dentro do jogo — e que melhorias. Os gráficos, de fato, estão mais realistas e foram uma grata surpresa. Tudo é muito mais detalhado no campo de jogo, desde o gramado à movimentação dos atletas, que está mais natural e verossímil, sobretudo sem a bola. Eles, de fato, parecem ter vida própria e interagir com o que acontece dentro da partida.

Para jogadores mais detalhistas, será possível verificar até o modo como a musculatura dos jogadores se comporta nos comandos de chute e passe. A bola, por sua vez, ao ser tocada, tem leves deformidades, como na vida real.

Olhando mais de perto, também é possível perceber como a feição dos jogadores está mais realista, com melhora clara podendo ser percebida nos cabelos e barbas dos atletas. O suor e as camisetas também estão mais realistas e passam uma impressão mais natural.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

As animações após os gols também foram melhoradas, com os jogadores executando movimentos mais naturais e variados, diferentemente do que acontecia com jogos passados, onde tudo era muito robotizado.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Já na ambientação, as melhorias foram mais sutis, com destaque para a torcida, que reage de maneira mais variada e complexa. Em gols no último minuto, por exemplo, o estádio vem abaixo e o jogo faz questão de mostrar de perto como os torcedores comemoram. É muito legal.

Mudanças visuais serão suficientes?

FIFA 21 no Xbox Series X e S e no PlayStation 5 conta com melhorias interessantes, como tempos de carregamento ínfimos, melhorias visuais consideráveis, animações mais realistas e desempenho geral muito mais fluído. São detalhes que podem fazer fãs críticos do jogo esquecerem um pouco das falhas de gameplay e bugs, que ainda acontecem.

No entanto, aqui vai um conselho de um fã confesso da franquia: está na hora de a EA abrir o olho e buscar alternativas para retomar os tempos de glória do principal jogo de futebol do mercado. A KONAMI parece ter entendido o que precisa fazer e vai se dedicar muito para um PES de próxima geração, que será lançado apenas em 2021. Aí, quem sabe, poderemos ter uma disputa mais acirrada.

FIFA 21 está disponível para Xbox One, Xbox Series X, Xbox Series S, PlayStation 4, PlayStation 5, PC e Nintendo Switch.

No Canaltech, FIFA 21 foi avaliado com uma cópia para Xbox Series X e S adquirida pelo repórter.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: