Mercado fechará em 1 h 51 min
  • BOVESPA

    120.363,68
    -877,95 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.557,26
    -900,76 (-1,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,99
    +0,63 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.840,70
    +10,80 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    37.207,50
    +765,77 (+2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    737,10
    +21,90 (+3,06%)
     
  • S&P500

    3.791,61
    +23,36 (+0,62%)
     
  • DOW JONES

    30.951,01
    +136,75 (+0,44%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.642,28
    +779,51 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.903,00
    +100,75 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4658
    +0,0705 (+1,10%)
     

Análise | Com modo Super 7, Forza Horizon 4 varia fórmula sem perder foco

Felipe Demartini
·6 minuto de leitura

Em uma virada de geração sem tantos jogos que efetivamente demonstrem o poder das novas plataformas, Forza Horizon 4 se tornou um dos carros-chefe da Microsoft para seus novos consoles, com o perdão do trocadilho. O título, incrível desde seu lançamento e com conteúdos que expandiram a proposta cada vez mais, nunca teve medo de variar sua fórmula e entregar o tipo de mistura que só um game focado na festa, nos cenários e em uma jogabilidade com menos foco na simulação é capaz de trazer. O modo Super7, nesse sentido, é talvez um dos ápices dessa empreitada.

Não é como se estivéssemos falando de uma franquia acessa às invenções de moda, afinal de contas, foi por meio dela que tivemos a oportunidade de competir não apenas contra carros de luxo, mas também versões feitas de LEGO, aviões, hovercrafts, balões e até naves da série Halo. Agora, a Playground Games coloca um pouco deste poder nas mãos dos jogadores, ainda que amarras sejam necessárias para manter a fluidez e a coesão da experiência.

Como nome já indica, o modo traz sete desafios diferentes e aleatórios, criados pelos jogadores e que garantem prêmios exclusivos, além, claro, de contarem experiência e pontos de prestígio como todas as outras provas de Forza Horizon 4. Em Super7, porém, o objetivo quase nunca é chegar em primeiro, apesar de, muitas vezes, ser absurdamente rápido se tornar o foco.

As provas são dispostas em cartas, com o jogador devendo vencer uma a uma até chegar ao final. Como se trata de um modo voltado para a criação, é possível curtir ou descurtir os desafios propostos pelos outros jogadores, servindo como telemetria para que o game entenda o que funciona ou não, entregando aquele objetivo mais ou menos vezes. Da mesma forma, também dá para substituir uma carta por outra, caso a missão seja difícil demais ou esteja quebrada.

Limitações e encantamentos

<em>Liberdade criativa proporcionada por Forza Horizon 4 Super7 pode resultar em desafios impossíveis; game contorna isso com sistema de curtidas e possibilidade de substituir provas por outras, sem penalizar o jogador (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Liberdade criativa proporcionada por Forza Horizon 4 Super7 pode resultar em desafios impossíveis; game contorna isso com sistema de curtidas e possibilidade de substituir provas por outras, sem penalizar o jogador (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

Surge aqui, inclusive, um dos principais problemas enfrentados por qualquer desenvolvedora que deseje abrir as portas para a comunidade: a moderação. Ao longo da experiência com Super7, dá para perceber que alguns dos traçados não foram testados de todo ou incluem pegadinhas que impossibilitam a finalização, como um trajeto que faz o GPS falhar ou uma distância curta para um salto longo, que dificulta a obtenção de um resultado positivo.

O uso de rampas, se mal colocadas, pode tornar acrobacias épicas e saltos de respeito pelas belas paisagens de Forza Horizon 4 em um martírio truncado, já que arestas podem impedir o progresso. O que fizer, então, da parada de mais de 300 por hora a zero, quando encontramos um obstáculo fora do lugar ou colocado por um jogador sacana no caminho do veículo mais veloz do game, enquanto temos que percorrer uma distância aparentemente impossível em um tempo curtíssimo.

Ao mesmo tempo, a abordagem solta e fora do usual para um jogo como Forza Horizon 4 também tem seus pesares que depõem contra a proposta, como a possibilidade de, usando um pouco de manha, escapar completamente de circuitos de obstáculos, simplesmente, dando a volta por fora, novamente, pelo fato de os jogadores não terem se preocupado com a delimitação do terreno. São os revezes de uma abordagem completamente aberta, ainda que limitada em elementos de criação, que pode favorecer a trapaça.

<em>Sistema de criação de desafios é simples e básico, com Forza Horizon 4 Super7 depositando muita confiança na criatividade dos usuários (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Sistema de criação de desafios é simples e básico, com Forza Horizon 4 Super7 depositando muita confiança na criatividade dos usuários (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

Na hora de criar circuitos, dá para sentir na pele as dificuldades que levam aos objetivos truncados. A Playground Games coloca a criatividade como principal atributo do jogador na hora de criar as pistas, o que faz com que os itens disponíveis para a montagem de objetivos não sejam dos mais diversos. Dá para criar muita coisa boa com o que está disponível, mas também não é como se tivéssemos muito o que trabalhar.

Dá para brincar um bocado, criando looping e saltos sobre a cabeça de um dinossauro em tamanho real, assim como aproveitar as diferentes estações, cenários e altitudes do mundo de Forza Horizon 4. A personalização permite até mesmo escolher a trilha sonora do desafio, enquanto ficamos eternizados nas cartas, com o próprio avatar aparecendo durante a tela de carregamento dos objetivos, antes de a ação começar.

A sensação, porém, é que há muito mais incentivo para jogar o modo Super7 do que, efetivamente, criar. A comunidade, por outro lado, parece ter abraçado os dois lados dessa moeda já que, durante o nosso tempo de testes com o modo de Forza Horizon 4, foram poucas as repetições de cartas, ainda que muitos objetivos semelhantes entre si nos tenham sido apresentados.

Minigames em alta velocidade

<em>Forza Horizon 4 Super7 aparece como uma variação simples, mas cheia de desafios inusitados para um game que, por si só, já possui um foco despojado (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Forza Horizon 4 Super7 aparece como uma variação simples, mas cheia de desafios inusitados para um game que, por si só, já possui um foco despojado (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

O modo Super7 traz sensações, novamente, pouco comuns em um game de velocidade como este. Os jogadores acostumados com a precisão ou com a exploração do terreno para ganhar vantagem em velocidade encontrarão aqui um pensamento fora da caixa, que agrega um bocado à já gigantesca lista de atividades disponíveis no título.

Este não é um DLC como qualquer outro, e a adição do modo Super7 nem parece ter a intenção de trazer uma gigantesca quantidade de novos jogadores ao título, ou fisgar os antigos. A otimização para a nova geração, aliada à presença do título no serviço Xbox Game Pass, já se encarregou disso e, com esse novo fluxo de usuários, veio também o retorno do interesse dos veteranos por um mundo que nunca esteve despovoado, mas recebe novos habitantes agora.

<em>Cumprimento de desafios do modo Super7, de Forza Horizon 4, garante prêmios especiais e contribui para o progresso geral no título (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Cumprimento de desafios do modo Super7, de Forza Horizon 4, garante prêmios especiais e contribui para o progresso geral no título (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

Por outro lado, a novidade traz um rol de atividades extras para um título que, por si só, já era um bocado variado. Mesmo com suas limitações, Super7 é como aquele minigame que surge em um game de ação das antigas, permitindo que o jogador dê uma refrescada na cabeça antes de voltar às atividades principais.

O modo Super7 é gratuito para todos os jogadores de Forza Horizon 4. O game está disponível para Xbox One, PC e Xbox Series X|S, além de fazer parte da biblioteca do serviço Xbox Game Pass.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: