Mercado fechará em 1 h 43 min
  • BOVESPA

    120.912,60
    +991,99 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.213,25
    +278,34 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,78
    +0,07 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.831,60
    +15,90 (+0,88%)
     
  • BTC-USD

    57.868,48
    +977,72 (+1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.494,50
    +58,71 (+4,09%)
     
  • S&P500

    4.229,50
    +27,88 (+0,66%)
     
  • DOW JONES

    34.748,75
    +200,22 (+0,58%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.692,50
    +94,75 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3523
    -0,0143 (-0,22%)
     

Análise | Astro A20 é headset sem fio obrigatório para donos de Xbox

Felipe Ribeiro
·6 minuto de leitura

Uma lacuna pouco explorada pelas empresas fabricantes de periféricos gamers é a dos fones de ouvido ou headsets sem fio para os consoles Xbox, mais precisamente o Xbox Series X e S e Xbox One, os mais recentes dentro do ecossistema da Microsoft. Por ter uma tecnologia proprietária, a maioria desses acessórios não serve para esses videogames, o que deixa muitos usuários, no mínimo, chateados.

Se você não quer gastar com os periféricos oficiais da Microsoft, existem algumas poucas opções no mercado que atendem a essa necessidade. Um desses modelos é a segunda geração do Astro A20, um produto que, com tamanha qualidade, merece ser considerado como obrigatório para usuários de Xbox.

Recém-lançado no mercado brasileiro, o A20 chega para preencher essa lacuna com maestria, já que conta com som de primeira qualidade, acabamento moderno e conforto condizente com sua faixa de preço.

O Canaltech passou um período com o Astro A20 e te contará toda a experiência de uso agora.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Leve, confortável e bonito

Ao abrir a caixa e retirar o Astro A20 do suporte, logo percebe-se que estamos diante de um produto diferenciado e de qualidade premium. O acabamento é muito bom e os materiais utilizados dão ao headset uma leveza fora do comum para headsets sem fio, que geralmente são mais pesados. Isso acontece porque a bateria de 1.050 mAh pesa apenas 17 gramas, sendo alocada em uma das conchas auriculares.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

E por falar nas conchas, elas são revestidas com um tecido macio e que se adequa bem aos ouvidos, cobrindo-os completamente. Usuários de óculos, como eu, não terão nenhum problema, já que as almofadas se ajustam às hastes sem que haja invasão de som. Todo esse conforto, porém, tem um preço: em dias quentes, você vai sofrer se usar o headset por muito tempo. O ajuste da cabeça é flexível, com os trilhos bem precisos, o que permite à maioria das pessoas usar o A20 sem maiores problemas, mesmo aqueles usuários com cabeças maiores.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Falando especificamente da carcaça do headset, sua leveza, como dissemos, impressiona, mas fica a dúvida quanto à durabilidade. Evidentemente que utilizamos o produto em um período de tempo inapto para aferir tal condição, mas a delicadeza que o A20 transparece é um pouco preocupante, sobretudo se levarmos em conta alguns concorrentes.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Já no campo do design, o Astro A20 segue o padrão da marca e apresenta linhas modernas e cores que combinam com todos os consoles Xbox, desde o primeiro Xbox One até com a linha Xbox Series X e S. Se você vai usá-lo no PC e no PlayStation 4 e 5, também há harmonia, muito embora a empresa disponibilize modelos específicos para essas plataformas. No caso dos consoles da Sony, aliás, se você quiser utilizar o A20, um adaptador especial é vendido separadamente.

Som condizente e surpreendente

A grande dúvida que paira quando falamos sobre headsets sem fio é sobre a qualidade do som e a latência. Aqui no Astro A20, tudo acontece de maneira impecável e extremamente bem qualificada. O som não é tão grave quanto outros modelos concorrentes, o que é bom se pensarmos em versatilidade de uso, mas não dá para dizer que o desempenho em jogos de tiro, por exemplo, não esteja à altura de rivais. Contudo, mesmo sem os graves mais destacados, os drivers de 40 mm dão conta do recado sem distorções, seja qual for o game.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

O isolamento acústico não é feito por software, mas é extremamente bem-sucedido. Com o áudio em um volume razoável, já não é possível escutar uma pessoa falando na sua frente em tom normal, bem como outros ruídos.

Para a jogatina online, em que os chats são primordiais, a divisão de som é bem feita dentro das conchas auriculares. O que nos chamou a atenção, contudo, foi que o controle desses comandos é feito diretamente no aparelho, e não na dashboard do Xbox Series. Em headsets da Microsoft, por exemplo, a manutenção dessa divisão de volume pode ser feita no software do videogame.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Por um lado, é prático, já que, com o botão seletor, podemos escolher qual volume estamos lidando. Por outro, sem o headset nos ouvidos, não há como identificar o seletor. Ainda sobre o chat, a Astro Gaming adotou o microfone flip-to-mute, uma solução bem simples para mutar o dispositivo. No nosso uso, não houve quaisquer falhas e o mecanismo funcionou sem maiores problemas.

Já no campo da usabilidade, o Astro A20 tem uma autonomia de bateria de 15 horas diretas. No nosso uso, contudo, pudemos utilizá-lo por 14 horas antes de realizar a carga, que é feita em pouco mais de três a três horas e meia por meio de um cabo USB-C para USB-A. A fabricante avisa que a distância para o adaptador pode ser de, no máximo, 15 metros, e isso pode ser verificado com precisão. Com mais de 8 metros de distância, o som já começa a dar uma pipocada de leve.

Ficha Técnica

  • Modo de economia de bateria: desligamento automático após 10 minutos

  • Resposta de frequência: 20 Hz - 20 kHz

  • Sensibilidade: 100 dB SPL 1kHz @ 1mW

  • Impedância nominal: 32 Ohm

  • Distorção harmônica total: <3% (20 Hz - 10 kHz)

  • Peso da bateria: 17 g

  • Bateria Wh: 1.050 mAh

  • Drivers: 40mm

  • Peso sem cabo: 318g

  • Altura do produto: 177,5 mm

  • Largura do produto: 262 mm

  • Profundidade do produto: 87,2 mm

  • Pressão da faixa da cabeça: 0,45 kgf ± 50g

  • Microfone: unidirecional (6 mm x 2,7 mm)

  • Acoplamento da orelha: sobre a orelha

  • Alcance sem fio: 15 m

  • Frequência sem fio: 2,4 GHz

  • Tipo de bateria: polímero de lítio recarregável

  • Tempo de carregamento da bateria: 3,5 horas

  • Tipo de conexão USB: USB 2.0 de alta velocidade sobre USB-C

Veredicto

O Astro A20 pode ser considerado um headset obrigatório para quem é dono de um Xbox e quer jogar sem a necessidade de fios. A qualidade de som não perde em nada para as variantes cabeadas e toda a usabilidade é feita sem maiores transtornos.

Apesar de esquentar as orelhas em dias quentes, suas conchas acústicas são extremamente confortáveis e sua leveza permite uma jogatina por horas, sem cansaço.

O Astro A20 para Xbox pode ser encontrado pelo preço sugerido de R$ 1.119,90. Há, também, uma variante para PlayStation.

No Canaltech, o Astro A20 foi avaliado graças a um exemplar gentilmente cedido pela Logitech do Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: