Mercado abrirá em 3 hs

Amsterdã e Roterdã impõem uso de máscara em locais movimentados

(Arquivo) O premier da Holanda, Mark Rutte

As cidades holandesas de Amsterdã e Roterdã impuseram nesta quinta-feira o uso de máscara de proteção em locais movimentados, a fim de conter a propagação da Covid-19.

A medida foi tomada apesar de autoridades sanitárias holandesas terem indicado ontem que não há provas da eficácia da máscara suficientes para estender a decisão ao nível nacional, e entrará em vigor no próximo dia 5 de agosto. A regra será aplicada aos maiores de 13 anos em ambas as cidades, sob pena de multa.

A Holanda, bem como os países nórdicos, são os últimos resistentes ao uso generalizado da máscara, enquanto outras nações europeias tornaram obrigatório o uso da mesma.

O premier holandês, Mark Rutte, fez um novo chamado para que a população respeite as regras de distanciamento social, depois que a taxa de infecção voltou a aumentar na semana passada, principalmente entre os jovens. A Holanda contabiliza mais de 53 mil casos de coronavírus desde o começo da pandemia.