Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.491,31
    +344,64 (+1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Ampliação do Auxílio Brasil deve ser maior no Rio e em São Paulo

Ampliação do Auxílio Brasil deve ser maior nas regiões do Rio e de São Paulo. Foto Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images.
Ampliação do Auxílio Brasil deve ser maior nas regiões do Rio e de São Paulo. Foto Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images.
  • Rio de Janeiro e São Paulo são os Estados do Brasil com o maior número de famílias elegíveis para receber o Auxílio Brasil;

  • Nordeste e Sudeste lideram o número de pessoas na fila do auxílio, com 1,9 milhão e 1,7 milhão, respectivamente, atendendo aos critérios;

  • Data de inclusão e número exato de futuros beneficiados pelo programa devem ser definidos a partir de agosto.

Rio de Janeiro e São Paulo são os Estados do Brasil com o maior número de famílias elegíveis para receber o Auxílio Brasil. De acordo com mapeamento do Ministério da Cidadania, as duas regiões contemplam a maior parte dos beneficiados.

Leia também:

Com a promulgação da PEC (proposta de emenda à Constituição) que aumenta o valor do programa social e cria novos benefícios, por volta de R$ 26 bilhões foram liberados para serem usados na iniciativa. Desse modo, cerca de 1,6 milhão de famílias, ou 4,7 milhões de pessoas, passarão a ser contempladas.

Dados cruzados pelo Poder360 apontam que as regiões Nordeste e Sudeste lideram o número de pessoas na fila do auxílio, com 1,9 milhão e 1,7 milhão, respectivamente, atendendo aos critérios de inclusão para receber o benefício.

O Rio de Janeiro conta com 251 mil famílias, ou 757 mil pessoas em situação de espera. Em seguida aparece São Paulo, com 201 mil famílias, ou 607 mil brasileiros à espera. Enquanto isso, Bahia tem uma fila de 520 mil pessoas e Pernambuco, de 412 mil.

Data de inclusão e número exato de futuros beneficiados pelo programa devem ser definidos a partir de agosto.

*Com informações do Poder 360.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos