Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,75
    +0,32 (+0,52%)
     
  • OURO

    1.787,90
    +5,90 (+0,33%)
     
  • BTC-USD

    49.275,02
    -5.068,86 (-9,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.105,23
    -137,82 (-11,09%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.938,24
    +42,95 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    29.011,98
    +256,64 (+0,89%)
     
  • NIKKEI

    28.964,93
    -223,24 (-0,76%)
     
  • NASDAQ

    13.769,00
    +18,75 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5450
    +0,0034 (+0,05%)
     

"Amor de Mãe": Lurdes é a mãe de todos os brasileiros

Guilherme Machado
·2 minuto de leitura
Lurdes e a mãe do Brasil (Foto: Reprodução/TV Globo)
Lurdes e a mãe do Brasil (Foto: Reprodução/TV Globo)

“Amor de Mãe” acaba nesta sexta-feira (9). A trama teve seu desfecho adiado devido à pandemia do novo coronavírus e teve uma trajetória conturbada, com algumas decisões bastante questionáveis em sua reta final. E mesmo no meio de toda esta bagunça, um fato se mantém imutável: Lurdes, brilhantemente interpretada por Regina Casé, é não só a melhor personagem da novela, mas uma das mais belas figuras das novelas nos últimos tempos.

Lurdes desde o primeiro momento cativou com seu drama. Afinal, quem não teria empatia por uma mãe que teve um filho arrancado de seus braços e que está disposta a tudo para encontrá-lo. Mas a matriarca tem mais do que uma história comovente; ela tem uma personalidade encantadora, frases marcantes que toda pessoa precisa ouvir.

Leia também

Regina Casé brindou o telespectador ao longo de meses com cenas que iam do mais profundo drama às comédias mais inusitadas. Quem não lembra da cena em que Lurdes entrou em um avião e se tremeu toda dentro daquele espaço que lhe era tão estranho? E quem não chorou quando ela enfim pôde dizer para Danilo (Chay Suede): “Você é Domênico”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A atriz em nenhum momento caiu em exageros e manteve sua personagem em um equilíbrio delicado, imbuída de uma figura amorosa e cheia de energia. Dona Lurdes – como é chamada – é uma mãe leoa, que faz de tudo por seus filhos, ao mesmo tempo que é uma mulher justa e benevolente, sempre disposta a ajudar os outros.

Ela também é atrapalhada, às vezes fala demais, mas nunca fala nada de irrelevante, deixando sua presença marcada por onde passa.

São poucos os casos de personagem que atingem essa qualidade dramatúrgica, que conseguem caminhar por tantas emoções diferentes. Lurdes é uma delas, e proporcionou situações icônicas ao longo da trama.

“Amor de Mãe” teve problemas, muitos inclusive, sobretudo em sua reta final. Um deles foi justamente sumir com Lurdes, a melhor personagem, durante alguns capítulos. Mas apesar de tudo isso, ela continuou ali, firme em sua fé e sua missão.

Lurdes fez valer o título da novela: uma mãe que deu todo seu amor a seus filhos e que acabou recebendo o amor deles e de inúmeros outros. De certa forma, todos os espectadores da novela hoje são um pouco filhos dela: riam com ela, choraram com ela, foram seus fãs aguerridos.

A personagem passou boa parte da trama questionando: “Onde estará o meu amor?”. E ela não apenas o encontrou, como o multiplicou. Hoje, ele vive em dezenas de casa Brasil à fora, que cantam: “O seu amor está aqui”. Obrigada, dona Lurdes.