Mercado fechará em 4 h 14 min
  • BOVESPA

    112.117,58
    +239,05 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.674,83
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,06
    -0,22 (-0,49%)
     
  • OURO

    1.840,20
    +10,00 (+0,55%)
     
  • BTC-USD

    19.372,41
    +423,16 (+2,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,87
    +6,46 (+1,73%)
     
  • S&P500

    3.670,36
    +1,35 (+0,04%)
     
  • DOW JONES

    29.971,13
    +87,34 (+0,29%)
     
  • FTSE

    6.463,28
    -0,11 (-0,00%)
     
  • HANG SENG

    26.728,50
    +195,92 (+0,74%)
     
  • NIKKEI

    26.809,37
    +8,39 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.490,50
    +36,25 (+0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2706
    -0,0492 (-0,78%)
     

AmEx promete US$ 1 bi para promover igualdade racial e de gênero

Jenny Surane
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A American Express disse que planeja aumentar os gastos com diversos fornecedores e desenvolver um marketing mais inclusivo como parte de uma iniciativa de US$ 1 bilhão para expandir a igualdade racial e de gênero.

Os gastos da empresa com fornecedores pertencentes a minorias nos EUA dobrarão para US$ 750 milhões anuais até o fim de 2024, disse a AmEx em comunicado na quinta-feira. A empresa também prometeu US$ 50 milhões para apoiar organizações sem fins lucrativos lideradas por pessoas não brancas e oferecerá US$ 25 mil em doações para 100 empresárias negras.

A gigante de cartões disse que tem buscado tornar seu ambiente de trabalho mais equitativo nos últimos meses. A empresa tem novos protocolos para quando clientes usam linguagem abusiva com funcionários, permitindo que trabalhadores desliguem as chamadas ou até mesmo encerrem o relacionamento com esses clientes. A AmEx também introduziu treinamentos obrigatórios sobre diversidade e inclusão para todos os funcionários.

“Sempre estivemos focados na diversidade e inclusão, mas, juntamente com o comitê executivo, me pareceu que era o momento de levar isso a outro nível”, disse o CEO Stephen Squeri em entrevista. “Podemos não ser capazes de impactar a sociedade em geral, mas certamente podemos impactar as 64 mil pessoas que trabalham na American Express.”

A AmEx também anunciou na quinta-feira que alcançou 100% de igualdade salarial para funcionários de todos os gêneros globalmente e entre raças e grupos étnicos nos EUA.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.