Mercado fechará em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    94.993,11
    -375,65 (-0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.921,78
    -471,93 (-1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    35,92
    -1,47 (-3,93%)
     
  • OURO

    1.869,00
    -10,20 (-0,54%)
     
  • BTC-USD

    13.558,85
    +403,48 (+3,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    266,71
    +24,03 (+9,90%)
     
  • S&P500

    3.302,75
    +31,72 (+0,97%)
     
  • DOW JONES

    26.626,36
    +106,41 (+0,40%)
     
  • FTSE

    5.581,13
    -1,67 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.305,50
    +172,75 (+1,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7311
    -0,0033 (-0,05%)
     

Americanos têm mais dinheiro do que nunca graças a ajudas oficiais

·1 minuto de leitura
Um mulher conta dinheiro em frente a uma agência americana de envio de remessas em San Isidro, 70 km a nordeste de San Salvador, em 10 de junho de 2020
Um mulher conta dinheiro em frente a uma agência americana de envio de remessas em San Isidro, 70 km a nordeste de San Salvador, em 10 de junho de 2020

A renda das famílias americanas atingiram um recorde histórico no segundo trimestre, graças ao crescimento de suas contas bancárias devido à ajuda do governo federal para enfrentar a crise do coronavírus, de acordo com um estudo publicado segunda-feira pelo Federal Reserve. 

No total, as famílias americanas e organizações sem fins lucrativos arrecadam cerca de 119 trilhões de dólares, de acordo com dados de abril a junho, o nível mais alto registrado por esta medição. 

No primeiro trimestre, devido à pandemia, o número caiu para 111 milhões. No terceiro trimestre, com alguma ajuda já cortada desde o início de agosto, os números podem cair novamente. 

O governo federal alocou trilhões de dólares desde o final de março para ajudar as empresas e famílias a lidar com as consequências da crise do coronavírus.

jul/Dt/etr/mr/cc