Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,48
    -1,49 (-2,07%)
     
  • OURO

    1.764,70
    +13,30 (+0,76%)
     
  • BTC-USD

    43.764,33
    -3.789,69 (-7,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.076,57
    -57,81 (-5,10%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.991,00
    -335,00 (-2,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2442
    +0,0448 (+0,72%)
     

AMD Threadripper PRO 5995WX volta a vazar e testes mostram ganhos de quase 30%

Além dos novos chips com cache empilhado, rumores sugerem que a AMD também prepara a aguardada nova geração dos processadores Threadripper, soluções voltadas para entusiastas, prosumers e profissionais. Os Threadripper 5000, como são conhecidos até o momento, trazem codinome "Chagall" e não devem trazer mudanças bruscas no design, tendo como principal benefício a adoção dos núcleos Zen 3.

Assim como a geração anterior, a nova família de chips deve contar com variantes PRO, pensadas para quem precisa de poder bruto de computação, que acabam de ter novos detalhes vazados por uma plataforma bastante curiosa. Além disso, o topo de linha da família, o 5995WX, também foi visto no banco de dados do PugetBench, mostrando avanços notáveis em comparação ao antecessor.

Novos Threadripper são vistos em plataforma voluntária de computação

Os primeiros detalhes de dois novos da família Threadripper PRO, o 5995WX e o 5945WX, foram encontrados pelo leaker BenchLeaks no site da MilkyWay@home. O fato curioso é que a plataforma é um projeto de computação voluntária do Instituto Politécnico Rensselaer, nos EUA — interessados doam parte do poder de computação do próprio computador para auxiliar na produção de um modelo 3D de alta precisão da Via Láctea.

Os registros do MilkyWay@home confirmam as especificações do novo Threadripper PRO 5995WX (Imagem: Reprodução/VideoCardz)
Os registros do MilkyWay@home confirmam as especificações do novo Threadripper PRO 5995WX (Imagem: Reprodução/VideoCardz)

Segundo os registros, o 5995WX é um chip de 64 núcleos e 128 threads, enquanto o 5945WX traz 12 núcleos e 24 threads. Ambos estavam acompanhados de 32 GB de RAM e rodavam o Windows 10 Pro. A capacidade de processamento do modelo mais completo parece ser reportada de maneira incorreta, atingindo apenas 1 GFLOPs, mas é possível ter uma ideia do poder do modelo mais simples, que atinge os 5,56 GFLOPs.

As especificações são compatíveis com o que os rumores indicavam, e também complementam os vazamentos sofridos pela Gigabyte, que indicavam a existência das séries tradicional e PRO para os novos Threadripper.

Threadripper 5995WX mostra ganhos de até 28% no PugetBench

Paralelo a isso, o Threadripper 5995WX foi encontrado no banco de dados do PugetBench, benchmark especializado em avaliar o desempenho de hardware em aplicações profissionais. O aplicativo testado foi o Agisoft Metashape Pro, programa que realiza fotogrametria, o processo de converter imagens em modelos tridimensionais.

O Threadripper PRO 5995WX chega a ser até 28% mais veloz que o antecessor, o 3995WX (Imagem: Reprodução/PugetBench)
O Threadripper PRO 5995WX chega a ser até 28% mais veloz que o antecessor, o 3995WX (Imagem: Reprodução/PugetBench)

No teste Rock Model, o novo chip de alto desempenho da AMD levou 156,6 segundos para concluir o processamento, enquanto no School Map a solução levou 608 segundos. Em comparação, seu antecessor, o Threadripper 3995WX levou 205,1 e 844,3 segundos, respectivamente, o que indica redução de 24% e 28% no tempo de conclusão para a nova geração.

Os números impressionam, considerando que o 5995WX basicamente substitui os núcleos Zen 2 por núcleos Zen 3 e recebe as melhorias decorrentes da nova microarquitetura. Ao que se sabe, o processador de alto desempenho chega em janeiro de 2022, como exclusividade temporária de workstations pré-montadas, com suporte a 8 canais de memória DDR4-3200, 128 lanes de barramento PCI-E 4.0, consumo de 280 W e mais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos