Mercado fechado

AMD Radeon do Exynos 2200 pode ser duas vezes mais veloz que GPU do Exynos 2100

·3 minuto de leitura

Primeiro fruto da parceria entre AMD e Samsung, o Exynos 2200 tem se mostrado promissor nos diversos testes vazados nos últimos meses, ao menos no departamento gráfico. A solução exibe saltos expressivos de performance em comparação à geração anterior, e até mesmo se coloca à frente de concorrentes que até então apresentavam superioridade, como os Snapdragon da Qualcomm.

Além da presença da microarquitetura mRDNA, baseada na aclamada RDNA 2 das placas de vídeo Radeon RX 6000, as altas frequências seriam as responsáveis pelo elevado desempenho. Novos rumores divulgados nesta quarta-feira (22) trazem mais detalhes sobre as velocidades da GPU, que impressionam com números mais de duas vezes maiores que os atingidos pela Mali-G78 do Exynos 2100.

AMD Radeon Mobile pode chegar a até 1,8 GHz

Segundo informações divulgadas no fórum coreano Clién, pelo mesmo perfil que trouxe os detalhes anteriores do novo Exynos, a GPU Radeon utilizada pela Samsung está sendo testada em duas versões: uma rodando a 1,29 GHz, clock já bastante elevado para um chip gráfico mobile, e outra ainda mais rápida, rodando a 1,58 GHz. Em comparação, a Mali-G78 da geração passada roda a 760 MHz.

O rumor indica que, como era de se esperar, a versão de 1,58 GHz entrega desempenho máximo mais alto, mas em troca de clocks mais baixos nos núcleos de alto desempenho da CPU, em cerca de 200 MHz. Curiosamente, os resultados também são mais estáveis após acontecer o gargalo térmico, o que pode sugerir que a CPU estaria causando maior interferência no desempenho gráfico da versão com GPU a 1,29 GHz, mas ainda é cedo para afirmar.

Outro ponto citado pelo rumor é a eficiência da microarquitetura mRDNA, que assim como a RDNA 2 é capaz de atingir velocidades impressionantes. Assim sendo, em cenários onde o consumo do chipset é liberado para atingir 10 W ou mais, valor muito elevado para celulares, a Radeon Mobile atingiria incríveis 1,8 GHz, algo inédito em smartphones.

Essa capacidade de chegar a clocks tão altos também reforça alguns rumores mais antigos, que sugeriam que o Exynos 2200 não seria limitado apenas aos telefones da gigante sul-coreana.

Notícia reforça rumores da chegada do Exynos a notebooks

Ainda que 10 W seja um consumo muito elevado para smartphones, trata-se de um número bastante baixo para notebooks, o que poderia incentivar a Samsung a apostar em laptops equipados com o novo Exynos. Essa possibilidade não é uma novidade, e já foi indicada por rumores no passado, ganhando agora mais força com os números apresentados pelos testes vazados.

Com o elevado desempenho apresentado, a Samsung pode levar o Exynos 2200 a notebooks (Imagem: Divulgação/Samsung)
Com o elevado desempenho apresentado, a Samsung pode levar o Exynos 2200 a notebooks (Imagem: Divulgação/Samsung)

O lançamento do Exynos 2200 em computadores, especialmente com uma GPU tão robusta, poderia ameaçar a Qualcomm, atual líder de desempenho em Chromebooks e notebooks Windows On ARM com os Snapdragon 7c Gen 2 e 8c Gen 2. Além disso, caso se mostre realmente potente, o novo processador da Samsung poderia incentivar ainda mais o uso de chips ARM em laptops.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos