Mercado abrirá em 4 h 47 min
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,54
    +0,40 (+0,47%)
     
  • OURO

    1.837,00
    +5,20 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    35.212,88
    -174,93 (-0,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    812,18
    +569,50 (+234,67%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.669,26
    -296,29 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.514,00
    +87,50 (+0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1724
    -0,0176 (-0,28%)
     

AMD EPYC Genoa de 16 núcleos vaza e reforça detalhes de linha com Zen 4

·3 min de leitura

Fotos obtidas pelo site VideoCardz trazem novos detalhes sobre a linha EPYC Genoa, 4ª geração da família de processadores para servidores da AMD, baseada na aguardada arquitetura Zen 4. O modelo em questão traz 16 núcleos e exibe o novo formato e o soquete que a empresa deve adotar com o lançamento dos chips Genoa, além de reforçar informações divulgadas por vazamentos anteriores.

EPYC Genoa de 16 núcleos vaza em fotos

As primeiras imagens mostram a frente e o verso do chip, trazendo dimensões significativamente maiores que os modelos da geração passada. De nome ainda desconhecido, o processador conta com 16 núcleos e 32 threads, clock boost de 3,7 GHz e consumo estipulado em 195 W, mas ainda não se sabe dizer se estas serão as configurações finais, ou se melhorias e ajustes serão feitos até o lançamento.

Na traseira, é possível ver os 6.096 contatos que o componente utilizará para se comunicar com o novo soquete SP5, no formato Land Grid Array (LGA-6069), em que os pinos estão equipados no soquete. São quatro regiões, com 1.520 contatos cada, pelos quais se estabelecerá comunicação com os diferentes chiplets que compõem a CPU.

Com 50% mais núcleos, os chips EPYC Genoa serão significativamente maiores e adotarão um novo formato mais quadrado (Imagem: VideoCardz)
Com 50% mais núcleos, os chips EPYC Genoa serão significativamente maiores e adotarão um novo formato mais quadrado (Imagem: VideoCardz)

O total contém mais de 2.000 pinos a mais que a geração anterior, em virtude da adoção de novos recursos, como memórias DDR5 e barramento PCI-E 5.0, que exigem maior largura de banda. Mais interessante é a captura realizada com raios x, que exibe o interior do chip e reforça algumas das características que a família EPYC Genoa deve oferecer.

Os chips utilizarão o novo soquete LGA-6069, dividido em quatro regiões de 1.520 contatos cada (Imagem: VideoCardz)
Os chips utilizarão o novo soquete LGA-6069, dividido em quatro regiões de 1.520 contatos cada (Imagem: VideoCardz)

Além da região central, onde devem estar concentrados recursos como as pistas de barramento e outras tecnologias de conexão, é possível ver os dois Complexos de Núcleos (CCX), contendo 8 núcleos cada, para totalizar os 16 núcleos. Considerando as dimensões de cada chiplet, é possível estimar que há espaço para outros 10 CCX, o que indica que o modelo topo de linha da família oferecerá 12 chiplets para atingir os 96 núcleos, 50% ou 32 a mais que a 3ª geração EPYC Milan.

A imagem de raio x indica que a AMD utilizará 12 chiplets para atingir o total prometido de 96 núcleos (Imagem: VideoCardz)
A imagem de raio x indica que a AMD utilizará 12 chiplets para atingir o total prometido de 96 núcleos (Imagem: VideoCardz)

O material corrobora não apenas imagens já exibidas pela AMD durante apresentação no final do ano passado, em que trouxe mais detalhes sobre a arquitetura Zen 4, como também conteúdo originado de um enorme vazamento sofrido pela Gigabyte no início de 2021, que trazia, por exemplo, detalhes confirmados posteriormente relacionados ao soquete SP5.

Família estreia arquitetura Zen 4 ainda em 2022

Segundo as informações já oficializadas pela AMD, a 4ª geração de processadores EPYC Genoa será uma das primeiras famílias de chips da marca a ser baseado na nova microarquitetura Zen 4, com fabricação em uma variante especial da litografia de 5 nm da TSMC. O processo de fabricação seria otimizado para computação de alta performance (HPC) e contaria com avanços significativos frente à litografia de 7 nm utilizada atualmente.

Com nova arquitetura Zen 4, a família EPYC Genoa oferecerá ganhos de 25% de desempenho e conectividade de nova geração, incluindo RAM DDR5 e PCI-E 5.0 (Imagem: AMD/YouTube)
Com nova arquitetura Zen 4, a família EPYC Genoa oferecerá ganhos de 25% de desempenho e conectividade de nova geração, incluindo RAM DDR5 e PCI-E 5.0 (Imagem: AMD/YouTube)

A empresa promete duas vezes mais densidade, duas vezes maior eficiência energética e ganhos de desempenho de 25%, salto bastante respeitável a ser dado em uma geração. Foram confirmados ainda recursos avançados de segurança e conectividade de nova geração, como os já citados memórias DDR5 e barramento PCI-E 5.0. A linha Genoa está prevista para estrear ainda neste ano, possivelmente junto aos chips Ryzen 7000 "Raphael".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos