Mercado abrirá em 4 h 22 min
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,40
    +0,50 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.837,20
    +5,90 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    58.398,16
    +183,81 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.558,55
    +122,77 (+8,55%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.148,17
    +18,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    28.595,66
    -14,99 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    29.518,34
    +160,52 (+0,55%)
     
  • NASDAQ

    13.683,00
    -26,75 (-0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3645
    -0,0006 (-0,01%)
     

AMD confirma novas placas de vídeo sem limitador de mineração

Anderson Mendes
·2 minuto de leitura

A CEO da AMD, Lisa Su, confirmou o lançamento da nova linha de placas de vídeo da empresa, a Radeon RX 6000. Ao contrário de seus concorrentes, os produtos não irão possuir dispositivos que limitam o uso em atividades que envolvam mineração de criptomoedas.

Em evento realizado na última quarta-feira (28) para os investidores da AMD, Su anunciou a nova linha de placas de vídeo, que será destinada a notebooks. A expectativa é que os produtos estejam no mercado ainda em junho deste ano.

A divulgação pode ser interpretada como uma resposta da empresa para a Nvidia, sua principal concorrente e que tem dominado o setor de placas de vídeo. A empresa também lançou uma nova linha de GPU recentemente e rumores apontam para a implementação de um novo limitador de mineração.

Dessa forma, chama atenção a ênfase dada pela AMD de que seus novos produtos não terão limitantes de desempenho em atividades de mineração de criptomoedas.

Com a grande ascensão do mercado cripto nos últimos anos, a mineração desses ativos tem se tornado cada vez mais intensa e competitiva, forçando mineradores a realizarem compras em massa de placas de vídeo originalmente criadas para jogos eletrônicos. O resultado é um grande fenômeno de escassez e encarecimento desses componentes no mercado.

Apesar do volume de vendas seja lucrativo para as empresas que desenvolvem esses produtos, o cenário gera rusgas com a a comunidade gamer, sem falar no impacto ambiental que a indústria da mineração ameaça intensificar. Com isso, a Nvidia saiu em defesa de mecanismos que limitam o uso de placas de vídeo para mineração.

AMD registra aumento de receitas

Durante a conferência, Su comentou sobre as receitas da empresa. Segundo a CEO, a AMD tem registrado um crescimento de vendas acima de 10% nos últimos anos. No entanto, apenas neste ano, a venda das GPUs Radeon 6000 já apresentem o dobro do faturamento em relação ao último trimestre de 2020.

A AMD ainda espera aumentar esse volume de vendas nos próximos meses. A CEO, no entanto, deixou claro que a melhoria na receita teve uma contribuição “marginal” da atividade de mineração de criptomoedas. A alta demanda por placas de vídeo de mineradores, portanto, não teria tido peso na decisão de não limitar essa atividade na próxima geração de placas de vídeo.

O artigo AMD confirma novas placas de vídeo sem limitador de mineração foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.