Mercado fechará em 3 h 11 min

Amazon usará IA em centros de distribuição para reforçar distanciamento social

Stephanie Kohn

A Amazon lançou nesta terça-feira (16) um sistema de rastreamento baseado em Inteligência Artificial para reforçar medidas de distanciamento social em seus escritórios e centros de distribuição para ajudar a reduzir qualquer risco de contrair o novo coronavírus entre seus funcionários.

O anúncio ocorre enquanto a maior varejista online do mundo está sendo observada de perto por parlamentares e sindicatos dos Estados Unidos sobre se está fazendo o suficiente para proteger seus funcionários da pandemia.

Monitores instalados nos centros de distribuição da empresa mostrarão os trabalhadores que estão mantendo uma distância segura em círculos verdes, enquanto os funcionários mais próximos serão destacados em círculos vermelhos, disse a Amazon.

O sistema, chamado de Assistente de Distância, usa imagens de câmeras das instalações da companhia para também ajudar a identificar áreas de tráfego intenso.

A Amazon, que abrirá o código da tecnologia por trás do sistema, não é a primeira empresa a recorrer à IA para monitorar o distanciamento social.

Várias empresas disseram à Reuters que o software baseado em câmeras e IA será crucial para permanecerem abertas, pois permitirá mostrar não apenas para os funcionários e clientes, mas também para seguradoras e reguladores, que eles estão monitorando e reforçando práticas seguras.

No entanto, ativistas de privacidade levantaram preocupações sobre o rastreamento cada vez mais detalhado de pessoas e pediram às empresas para limitar o uso da IA na pandemia.

O sistema está ativo em algumas instalações e a companhia planeja implantar centenas dessas unidades nas próximas semanas.

Fonte: Canaltech