Mercado abrirá em 46 mins
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,52
    +0,76 (+0,91%)
     
  • OURO

    1.801,70
    +5,40 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    62.830,63
    +1.900,80 (+3,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.234,67
    +30,12 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.366,25
    +25,25 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5678
    -0,0130 (-0,20%)
     

Amazon libera equipes para decidirem quantos dias trabalhar no escritório

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Amazon anunciou nesta segunda-feira (11) que vai deixar para equipes da empresa decidirem quantos dias devem trabalhar no escritório por semana, afirmou o presidente-executivo, Andy Jassy.

Em mensagem publicada no blog da companhia, Jassy disse que os funcionários poderão trabalhar remotamente até quatro semanas por ano a partir de qualquer local no país onde o trabalhador é registrado.

A Amazon também vai exigir que os funcionários estejam perto o bastante de suas equipes para que possam programar reuniões com um dia de antecedência.

Retorno adiado Em agosto, a Amazon resolveu adiar o retorno obrigatório ao escritório até janeiro de 2022, seguindo a tendência de grandes empresas americanas que revisaram suas regras diante da escalada de casos de Covid-19 nos EUA. Anteriormente, o volta estava marcada para setembro deste ano.

"Seguiremos os conselhos das autoridade locais e trabalharemos em estreita colaboração com os melhores profissionais de saúde, acatando os seus conselhos e recomendações, para garantir que os espaços de trabalho sejam adaptados da melhor forma para a segurança dos nossos colaboradores", afirmou o grupo à época.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos