Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,90 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,75 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +11,40 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    19.303,49
    -0,24 (-0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,11 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,38 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5553
    +0,0497 (+0,90%)
     

Amazon inaugura a primeira loja física com ‘armário mágico’

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O pagamento na loja é feito pelo Amazon One, um dispositivo que faz a leitura das digitais dos clientes (Amazon/Divulgação)
O pagamento na loja é feito pelo Amazon One, um dispositivo que faz a leitura das digitais dos clientes (Amazon/Divulgação)
  • Amazon decidiu se arriscar no mundo das lojas físicas

  • Um diferencial é a criação de um "armário mágico" para os clientes

  • Os visitantes podem provar roupas e pedir novas peças sem sair do provador

Finalmente a Amazon decidiu investir também nas vendas físicas. A empresa inaugurou a primeira loja física em Los Angeles, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (25).

Uma das grandes novidades anunciadas é a criação de um "armário mágico", que utiliza a tecnologia de aprendizado de máquina para ajudar aos clientes a encontrar roupas de acordo com as preferências de cada pessoa.

A Amazon Style traz um um catálogo digital com peças que combinam com o estilo de cada consumidor, reconhecendo os gostos pessoais por meio dos algoritmos. Focada em proporcionar uma experiência diferenciada para o cliente, a loja permite que cada visitante clique em uma tela e segundos depois a peça desejada chega para ser provada.

O local tem 2.787 metros quadrados. As roupas ficam nos fundos de prateleiras, como em armários embutidos. Para selecionar as cores e tamanhos, os consumidores devem digitar um código através de um aplicativo da Amazon.

Em seguida, as pessoas entram em uma fila virtual para entrar no provador. O espaço é desbloqueado pelo smartphone. A ideia é que, ao entrar no "armário mágico", os visitantes possam experimentar roupas e continuar fazendo compras sem sair do lugar.

“Há equipes sempre disponíveis para entregar os pedidos em questão de minutos. É como um armário mágico com uma seleção aparentemente infinita”, explica a diretora administrativa da Amazon, Simoina Vasen,

Além disso, as telas também sugerem itens para os compradores usando como base o registro das mercadorias que o cliente já comprou ou provou. Isso personaliza as recomendações de peças.

No momento, a Amazon já está à frente do Walmart nas vendas de roupas no varejo e pretende ganhar ainda mais mercado com as lojas físicas. A longo prazo, a empresa também quer desbancar comércios menores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos