Mercado fechará em 5 h 13 min
  • BOVESPA

    101.454,33
    +690,73 (+0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.557,58
    +262,75 (+0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,90
    +0,33 (+0,30%)
     
  • OURO

    1.821,70
    -3,10 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    20.792,97
    +97,86 (+0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,80
    +3,74 (+0,83%)
     
  • S&P500

    3.895,02
    -5,09 (-0,13%)
     
  • DOW JONES

    31.480,95
    +42,69 (+0,14%)
     
  • FTSE

    7.336,76
    +78,44 (+1,08%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.977,00
    -63,50 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4783
    -0,0658 (-1,19%)
     

Amazon implementará entrega com drones até o final do ano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Delivery com drones da Amazon estará disponível para “milhares de produtos”
Delivery com drones da Amazon estará disponível para “milhares de produtos”

(Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

  • Amazon começará entrega com drones ainda neste ano;

  • Cidade na Califórnia (EUA) será a primeira a receber o serviço “Prime Air”;

  • Drones são capazes de identificar obstáculos no caminho e no momento da entrega.

A Amazon implementará, no final deste ano, a entrega de produtos por meio de drones. Segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira (13), a cidade de Lockeford, na Califórnia (Estados Unidos), será a primeira a receber o serviço “Prime Air”.

O delivery com drones estará disponível para “milhares de produtos” assim que a empresa obtiver a permissão da Administração Federal de Aviação (FAA) para tirar o projeto do papel.

“Em termos de novas aprovações, a FAA revisará nossos planos e confirmará que nossa operação proposta em Lockeford está de acordo com a Lei Nacional de Política Ambiental”, disse a porta-voz da Amazon, Av Raichura Zammit.

Como o serviço funciona

Segundo a gigante do e-commerce, os consumidores farão normalmente seus pedidos pelo site ou aplicativo. Então, receberão um horário de entrega estimado, com um rastreador que permite saber por onde anda o produto.

“O drone voará ao local de entrega, descerá até o quintal do cliente e irá pairar a uma altura segura. Então, irá liberar o pacote com segurança e voltará a subir”, explicou.

A Amazon também destaca que está usando uma tecnologia diferente que permite que os drones identifiquem obstáculos, tanto no solo quanto no ar. O objeto pode ser estático, como uma chaminé, ou estar em movimento, como um avião.

“Se forem identificados obstáculos, nosso drone mudará automaticamente o curso para evitá-los com segurança”, aponta. No momento das entregas, também há a certificação de que não há pessoas, animais ou outros objetos no local de descida do pacote.

Depois da experiência em Lockeford, a empresa analisará como implementar o Air Prime em outras regiões. O projeto está em andamento há quase dez anos. Desde que começou a ser testado, houve acidentes, lapsos de segurança e alta rotatividade de funcionários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos