Mercado fechará em 4 h 15 min
  • BOVESPA

    121.320,94
    -2.255,62 (-1,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.220,36
    -413,55 (-0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,48
    -2,08 (-2,95%)
     
  • OURO

    1.810,60
    -3,50 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    39.287,53
    +1.151,02 (+3,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    966,36
    +39,59 (+4,27%)
     
  • S&P500

    4.402,69
    -20,46 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.820,88
    -295,52 (-0,84%)
     
  • FTSE

    7.121,25
    +15,53 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.039,25
    -7,00 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2024
    +0,0369 (+0,60%)
     

Amazon ganha permissão para monitorar sono de usuários com radares

·2 minuto de leitura

A Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC) deu permissão para que a Amazon utilize radares em dispositivos próprios para monitorar os hábitos de sono de seus consumidores.

A empresa havia requisitado o pedido no fim de junho com o intuito de comercializar dispositivos com radar integrado. Tal característica poderia capturar movimentos em três dimensões para permitir que usuários realizem controles por gestos, movimentos no ar ou que o produto identifique padrões de sono.

Ideia pode se tornar realidade e alimentar preocupações com privacidade (Imagem: Divulgação/Amazon)
Ideia pode se tornar realidade e alimentar preocupações com privacidade (Imagem: Divulgação/Amazon)

Ainda de acordo com a documentação "o uso de Sensores de Radar no rastreamento de sono poderia melhorar a conscientização e gestão da higiene do sono que, por sua vez, pode produzir benefícios de saúde significativos para muitos americanos."

"Sensores de Radar permitirão que consumidores reconheçam potenciais problemas no sono", afirma a Amazon, que também diz que um dispositivo ao lado da cama poderia ajudar pessoas "com deficiências de mobilidade, fala ou tátil."

Amazon, dados e privacidade

Dispositivos Echo com câmera já são alvo de preocupações por parte de milhares de usuários (Imagem: Divulgação/Amazon)
Dispositivos Echo com câmera já são alvo de preocupações por parte de milhares de usuários (Imagem: Divulgação/Amazon)

A permissão para uso da tecnologia em dispositivos da Amazon esbarra novamente em um dos maiores problemas que a empresa dona dos produtos Echo com Alexa enfrenta: a privacidade.

Enquanto outras concorrentes como a Apple defendem a cada novo lançamento que os usuários tenham o máximo controle de seus dados, um dispositivo com radares sempre ligado ao lado da cama todos os dias não parece ser um grande atrativo para a maioria dos potenciais usuários.

Ainda não existem previsões ou expectativas para lançamento de dispositivos Echo com radar e, mesmo com aprovação, não há garantia que a Amazon de fato possa apresentar produtos com tal característica. De toda forma, mais novidades relacionadas aos futuros produtos inteligentes da marca devem surgir em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos