Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.155,81
    -622,52 (-1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Amazon estreia em gestão de patrimônio na Índia via fintech

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Amazon.com fez seu primeiro investimento no setor de gestão de patrimônio da Índia, em uma rodada de US$ 40 milhões da fintech Smallcase Technologies.A startup com sede em Bangalore disse que a rodada foi liderada pela Faering Capital e contou com a participação de outro novo investidor, a PremjiInvest, unidade de investimento privado do bilionário do setor de tecnologia Azim Premji. Investidores anteriores, como Sequoia Capital India e Blume Ventures, também participaram, elevando o total captado pela empresa acima de US$ 60 milhões.

A Smallcase foi fundada em 2015 por três amigos, Vasanth Kamath, Anugrah Shrivastava e Rohan Gupta, todos ex-alunos do Instituto Indiano de Tecnologia, em Kharagpur. A startup aproveita o boom sem precedentes nas bolsas impulsionado por investidores de varejo durante a pandemia, e sua base de usuários dobrou para mais de 3 milhões no último ano.A Smallcase melhora o acesso digital ao mercado de capitais, oferecendo carteiras ponderadas de ações e fundos de índice de profissionais licenciados internos, bem como acesso a gestores de investimentos independentes, corretoras e plataformas de gestão de patrimônio. A empresa tem parceria com várias corretoras no país e distribui seus produtos por meio de corretores, consultores de patrimônio e agentes offline.“Um novo grupo de investidores mais jovens e que assume riscos está participando do mercado de capitais e quer total transparência”, disse Kamath, diretor-presidente da fintech, em entrevista por vídeo. “Desenvolvemos produtos de investimento mais simples e de baixo custo, cada um refletindo um tema, uma estratégia ou objetivo.”No ano passado, a Smallcase mais que dobrou o volume de ordens, disse Kamath. A empresa possui 200 funcionários, sendo quase dois terços em tecnologia e engenharia de produto.O capital será usado para expandir seus produtos de investimento em classes de ativos como fundos mútuos, ações globais e títulos. A startup quer expandir sua plataforma de tecnologia e desenvolver ainda mais sua rede de distribuição.O investimento na Smallcase abre uma nova fronteira para a Amazon em gestão de patrimônio. A gigante do comércio eletrônico já havia investido anteriormente em outras fintechs na Índia, como na seguradora Acko General Insurance, bem como na provedora de crédito Capital Float.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos