Mercado fechará em 1 h 59 min
  • BOVESPA

    130.183,56
    +742,53 (+0,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.288,79
    +2,33 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,97
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.865,70
    -13,90 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    40.228,74
    +2.875,71 (+7,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.004,59
    +35,75 (+3,69%)
     
  • S&P500

    4.236,22
    -11,22 (-0,26%)
     
  • DOW JONES

    34.219,39
    -260,21 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.067,50
    +73,25 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1429
    -0,0497 (-0,80%)
     

Amazon está próxima de anunciar compra do estúdio MGM, diz jornal americano

·2 minuto de leitura
Amazon está próxima de anunciar compra do estúdio MGM, diz jornal americano
Amazon está próxima de anunciar compra do estúdio MGM, diz jornal americano

A gigante Amazon, do bilionário Jeff Bezos, está próxima de fechar um acordo para comprar o estúdio cinematográfico de Hollywood MGM. Segundo pessoas próximas à situação ouvidas pelo The Wall Street Journal, um contrato, de quase US$ 9 bilhões (aproximadamente R$ 47 bilhões, em conversão direta), deve ser anunciado ainda nesta semana.

Ainda de acordo com as fontes, as negociações entre Amazon e MGM têm sido continuadas e descontinuadas desde o início do ano. Apesar de as conversas terem ficado mais “quentes” na última semana e de o contrato estar próximo de um acordo, não há garantia de que a operação venha a ser concretizada.

Mas caso isso aconteça, a aquisição deverá reforçar o intuito da Amazon de otimizar os seus serviços de streaming da Amazon Prime Video — que atualmente conta com cerca de 200 milhões de assinantes —, além de acirrar a concorrência em um setor que conta com gigantes como Netflix e Disney+.

Isso porque o estúdio MGM contém cerca de 4 mil filmes em seu catálogo, incluindo as franquias “Rocky” e “Creed”, produções como “Nasce uma Estrela”, “RoboCop” e “O Silêncio dos Inocentes” e aproximadamente 17 mil episódios de séries, como “Stargate”, “Vikings”, “Fargo”, “The Handmaid’s Tale” e “Teen Wolf”.

Logo da Amazon Prime Video
Possível aquisição da MGM será um reforço “de peso” para os serviços de streaming da Amazon. Foto: BigTunaOnline/Shutterstock

Leia mais:

Inclusive, vale lembrar que a empresa de Jeff Bezos já oferece alguns títulos do catálogo da MGM num combo dentro do seu streaming.

O grande negócio está sendo orquestrado por Mike Hopkins, vice-presidente sênior da Amazon Studios e Prime Video, diretamente com o presidente do conselho da MGM, Kevin Ulrich, cuja Anchorage Capital é uma grande acionista da MGM.

Se a operação for confirmada e com os valores estimados, será a segunda maior aquisição já feita pela Amazon — a primeira envolve a compra da rede de supermercados americana Whole Foods, em 2017, por US$ 13,7 bilhões.

As negociações já haviam sido adiantadas na semana passada pela Forbes e pelo The Information. Na ocasião, a Amazon emitiu um comunicado oficial à imprensa informando que “não comenta rumores ou especulações”. A MGM, por sua vez, optou por não se posicionar sobre o assunto.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!