Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.621,58
    -969,83 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    -373,84 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,63
    -2,13 (-1,91%)
     
  • OURO

    1.819,20
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    20.289,23
    -42,00 (-0,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,46
    -5,20 (-1,18%)
     
  • S&P500

    3.818,83
    -2,72 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    31.029,31
    +82,32 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.312,32
    -11,09 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    21.996,89
    -422,08 (-1,88%)
     
  • NIKKEI

    26.804,60
    -244,87 (-0,91%)
     
  • NASDAQ

    11.691,00
    +16,75 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4121
    -0,1294 (-2,34%)
     

Amazon cancela pedidos e consumidores se revoltam no Twitter

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Problema da Amazon ficou no top 1 Assuntos do Momento no Brasil
Problema da Amazon ficou no top 1 Assuntos do Momento no Brasil

(Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

  • Twitter amanhece com hashtag #AmazonNoProcon

  • Consumidores se revoltaram com cancelamento em massa dos pedidos

  • Ação deve-se a um problema no site que permitiu a inserção de vários cupons de desconto nas compras

Consumidores que realizaram, nesta quarta-feira (26), compras no site da Amazon com cupons de desconto viram a alegria de obter preços baixos se transformar em revolta. Devido a um problema no site, a empresa cancelou, em massa, diversos pedidos e recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais.

O motivo do cancelamento deve-se ao fato de que um erro de programação permitiu que os clientes inserissem, simultaneamente, vários cupons na mesma compra. O resultado? Descontos altíssimos e até casos em que produtos saíram de graça, segundo relatos no Twitter.

Leia também:

Por conta da insatisfação dos consumidores, a empresa foi notificada pelo Procon-SP nesta quinta-feira (27) e tem até dia 31 de janeiro para prestar esclarecimentos sobre quantos pedidos de compra foram feitos com os cupons cumulativos, por que foram cancelados e quais medidas a empresa tomará frente às queixas recebidas.

Internautas sobem a hashtag #AmazonNoProcon

O Twitter amanheceu, nesta sexta-feira (28), com o problema entre os assuntos mais comentados. Consumidores subiram a hashtag #AmazonNoProcon, que alcançou o top 1 Assuntos do Momento no Brasil, e a palavra ‘cancelamento’ ficou entre as mais comentadas.

Veja abaixo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos