Mercado fechará em 5 h 33 min
  • BOVESPA

    109.341,39
    +853,51 (+0,79%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.618,57
    +100,27 (+0,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,56
    -0,72 (-0,65%)
     
  • OURO

    1.854,10
    +12,00 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    30.171,26
    +176,07 (+0,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    676,71
    +1,84 (+0,27%)
     
  • S&P500

    3.934,02
    +32,66 (+0,84%)
     
  • DOW JONES

    31.669,49
    +407,59 (+1,30%)
     
  • FTSE

    7.485,36
    +95,38 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.847,75
    +7,00 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1153
    -0,0375 (-0,73%)
     

Amazon abrirá uma loja física de roupas high tech

·2 min de leitura

A Amazon Style é a mais nova criação de uma das empresas mais valiosas do mundo. Nesta quinta-feira (20), a Amazon anunciou que abrirá sua primeira loja de roupas físicas no shopping The Americana at Brand, em Los Angeles, Estados Unidos, no segundo semestre de 2022.

A proposta da marca é trazer uma experiência mais tecnológica do que as lojas convencionais. “Não faríamos nada no varejo físico a menos que sentíssemos que poderíamos melhorar significativamente a experiência do cliente”, disse Simoina Vasen, diretora administrativada big tech.

A loja terá um layout parecido com as lojas de departamento, onde será possível encontrar prateleiras com roupas e manequins vestindo as peças disponíveis, mas o diferencial é que a escolha da cor e do tamanho poderão ser feitas digitalmente através de um QR Code usando o aplicativo da Amazon para selecionar as opções desejadas.

Para experimentar as roupas com as medidas escolhidas, os compradores deverão usar seus smartphones para desbloquear os provadores, onde encontrarão as peças escolhidas. Dentro da cabine, ainda será possível solicitar mais roupas, trocar as configurações de cor e medidas através de uma tela sensível ao toque e a equipe entregará as peças em poucos minutos sem que a pessoa saia desse espaço.

O provador é “um espaço pessoal para você continuar comprando sem ter que sair”, disse Vasen. A nova loja também fará colaboração com diversas marcas, acrescentou ela, sem citar exemplos.

<em><strong>Clientes poderão escolher as roupas que desejam direto do provador (Imagem: Divulgação/Amazon)</strong></em>
Clientes poderão escolher as roupas que desejam direto do provador (Imagem: Divulgação/Amazon)

Em termos de pagamento, os compradores poderão usar o Amazon One, uma tecnologia que permite pagar por itens usando a palma da mão como ferramenta para a verificação de identidade. Entretanto, a empresa não mencionou o uso da sua tecnologia "Just Walk Out", que permite aos clientes pularem a etapa de passar no caixa.

A gigante adotou seu recurso de recomendação disponível nas lojas virtuais para a Amazon Style também. Um algoritmo irá sugerir algumas combinações de roupas na tela, que poderão ser avaliadas pelos consumidores, com os resultados sendo usados para moldar as recomendações do sistema.

A Amazon Style será a mais recente tentativa da empresa de competir no varejo físico, uma área que ela tem investido bastante nos últimos anos.

Em 2015, a Amazon abriu sua primeira loja física, a Amazon Books, em Seattle. Dois anos mais tarde, a Amazon comprou as 471 lojas da Whole Foods por US$ 13,7 bilhões (R$ 73,7 bilhões). A big tech também conta com dezenas de lojas 4-Star, onde vende suas mercadorias mais apreciadas, e lojas Amazon Go, que são lojas de conveniência sem caixa.

Além disso, a varejista também tem investido em diversas filiais físicas da Amazon Fresh, uma linha da empresa focada em mercearia. As lojas contam com carrinhos inteligentes que permitem a realização dos pagamentos digitalmente sem a necessidade de um caixa humano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos