Mercado abrirá em 2 h 32 min
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,09
    +0,89 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.826,50
    +12,50 (+0,69%)
     
  • BTC-USD

    30.551,62
    +688,99 (+2,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    685,85
    +443,17 (+182,62%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.533,17
    +68,37 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.659,75
    +112,70 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.512,25
    +267,50 (+2,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3032
    +0,0227 (+0,43%)
     

Amazon é notificada pelo Procon-SP sobre falha envolvendo cupons cumulativos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Em uma madrugada agitada nos domínios da Amazon Brasil, muitos consumidores conseguiram fazer compras com cupons de desconto cumulativos na quarta-feira (26). Os códigos ofereciam abatimentos de R$ 15 e podiam ser usados em conjunto, o que tornava a oferta muito atraente — alguns clientes conseguiram itens de graça.

Agora, o Procon-SP notificou a empresa. O órgão pede esclarecimentos sobre o ocorrido. Segundo a entidade, a Amazon deve se manifestar até 31 de janeiro com uma resposta.

O órgão pede detalhes sobre quantos pedidos de compra foram recebidos. Além disso, quer saber qual o plano de ação a ser seguido em relação aos registros efetuados no Procon-SP e aos apresentados ao Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa. Segue abaixo a íntegra do comunicado da Defesa do Consumidor de São Paulo:

O Procon-SP notificou a Amazon Serviços de Varejo do Brasil solicitando esclarecimentos quanto a notícias veiculadas na imprensa sobre relatos de pessoas afirmando terem adquirido produtos junto a plataforma com grandes descontos e até mesmo de forma gratuita, utilizando vários cupons de desconto em uma só compra.

A empresa deverá explicar; quantos pedidos de compra foram recebidos relacionados à oferta citada; por quais razões os pedidos foram cancelados; qual o plano de ação para tratativa dos registros efetuados junto ao Procon-SP e os apresentados apenas por meio de seu SAC.

A empresa tem até o dia 31 de janeiro para responder ao Procon-SP.

Procurada pelo Canaltech na tarde de quarta, a Amazon Brasil informou, em nota, que houve um problema no site e que ele foi rapidamente corrigido. “Lamentamos qualquer inconveniente causado e entraremos em contato com os clientes impactados", diz.

A reportagem do Canaltech voltou a procurar a empresa na tarde desta quinta-feira (27) para saber como ela pretende agir em relação à notificação do Procon-SP. Ainda não houve resposta, assim que obtivermos um posicionamento, esta matéria será atualizada.

Clientes na expectativa de uma resolução da Amazon

A consumidora Maíra Pilão comprou HQs com os cupons de desconto. “Achei que eles só valiam pra HQs”, conta ela. Os R$ 126,71 gastos por ela foram totalmente abatidos pelo desconto. “A Amazon não fez nenhum contato, mas os pedidos já foram enviados”, comemora.

Descontos eram cumulativos da Amazon (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela)
Descontos eram cumulativos da Amazon (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela)
Itens já foram enviados pela Amazon (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela
Itens já foram enviados pela Amazon (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela

Outro cliente que conseguiu concluir as compras foi Rodilei Morais. Ele também comprou HQs, mas lembra que percebeu que os descontos eram válidos para qualquer produto vendido e entregue pela Amazon. “Gastei cerca de R$ 326 e tive R$ 300 de desconto.”

Morais aplicou dez cupons na Amazon (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela)
Morais aplicou dez cupons na Amazon (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela)
Entrega da Amazon está prevista para hoje, mas pedido ainda não foi enviado (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela)
Entrega da Amazon está prevista para hoje, mas pedido ainda não foi enviado (Imagem: Reprodução/Canaltech/Captura de tela)

A empresa não entrou em contato com ele e parte dos itens adquiridos estão marcados para serem entregues hoje. “Ainda não foram enviados, mas vamos ver o que acontece ao longo do dia.”

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos