Mercado fechará em 1 h 38 min
  • BOVESPA

    129.868,50
    +427,47 (+0,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.297,01
    +10,55 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,97
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.865,60
    -14,00 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    40.060,21
    +2.585,24 (+6,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.001,44
    +32,60 (+3,36%)
     
  • S&P500

    4.235,78
    -11,66 (-0,27%)
     
  • DOW JONES

    34.228,94
    -250,66 (-0,73%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.062,75
    +68,50 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1538
    -0,0388 (-0,63%)
     

Amapá registra morte de crianças por sarampo pela primeira vez em 20 anos

·1 minuto de leitura

Há cerca de 20 anos, o Amapá não registrava mortes por sarampo. Mas a situação mudou: o estado confirmou a morte de duas crianças. Uma delas aconteceu na capital, Macapá, e a outra no município de Pedra Branca do Amapari.

As crianças não tinham tomado a vacina ainda, uma vez que a imunização começa apenas aos 6 meses. A criança de Pedra Branca do Amapari era indígena e vivia em uma aldeia. Quem confirmou os diagnósticos foi a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

Amapá registra morte de crianças por sarampo pela primeira vez em 20 anos (Imagem: Prostock-studio/envato)
Amapá registra morte de crianças por sarampo pela primeira vez em 20 anos (Imagem: Prostock-studio/envato)

A situação do Amapá com a doença é complicada, porque o estado conta com 80% dos casos do país em 2021. Só entre os meses de janeiro e maio, 320 casos de sarampo foram registrados no estado em questão. No entanto, segundo o governo, há um plano de ação para combater o surto da doença nos municípios, com direito a reforço da vigilância, campanhas de conscientização da população e promoção da vacinação.

Mas o governo declara uma preocupação: a imunização em relação à população é baixa, especialmente se considerada a situação de surto. O Ministério da Saúde relata 8.448 casos da doença 2020 no Brasil, com dez mortes por sarampo. Em 2016, o país chegou a ficar livre do sarampo, mas isso deixou de acontecer em meados de 2019.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: