Mercado abrirá em 6 h 30 min
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,73
    +0,34 (+0,47%)
     
  • OURO

    1.815,70
    +16,00 (+0,89%)
     
  • BTC-USD

    40.093,27
    +291,79 (+0,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,31
    +8,38 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    26.174,10
    +700,22 (+2,75%)
     
  • NIKKEI

    27.782,42
    +200,76 (+0,73%)
     
  • NASDAQ

    14.994,00
    -17,50 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0728
    +0,0143 (+0,24%)
     

Amada por daytraders, GameStop passa marca dos US$ 10 bilhões

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A escalada das ações da GameStop se acelerou na terça-feira, quando os papéis quase dobraram de preço durante o pregão e subiram mais 50% após uma menção de Elon Musk no Twitter. Desde o começo do ano, a alta acumulada se aproxima de 700% e o valor de mercado da varejista de jogos ultrapassou a marca de US$ 10 bilhões.

Graças a esse desempenho, a GameStop agora vale mais do que 10% das componentes do índice S&P 500, incluindo American Airlines, Under Armour e Invesco. A revendedora de jogos com sede nos EUA começou o ano valendo US$ 1,2 bilhão e tem papéis listados na bolsa Tradegate, da Alemanha. Antes da abertura do pregão nesta quarta-feira, as ações subiam 106% para US$ 306 após fecharem em US$ 147,98 na véspera nos EUA.

A euforia nascida nas salas de chat frequentadas por day traders fez da GameStop uma grande narrativa desta era dominada pelo investidor de varejo. O improvável salto nos papéis é um símbolo do recém-descoberto poder dos investidores individuais. Paralelamente, virou uma dor de cabeça para investidores institucionais que apostaram na queda dos papéis. A épica enxurrada de compras a descoberto levantou o preço da ação e deflagrou a busca por empresas com vulnerabilidade semelhante.

No início de janeiro, os operadores entraram com tudo nos papéis da GameStop após Ryan Cohen, investidor ativista e cofundador da Chewy, se juntar ao conselho. A alta também foi embalada por day traders atuantes no Reddit, que usaram o fórum WallStreetBets da plataforma para impulsionar as ações e lutar contra o enorme nível de posições vendidas, que se mantém estável em 140% do total em circulação, de acordo com dados compilados pela S3 Partners. Apostas na queda dos papéis pela Melvin Capital, de Gabe Plotkin, e pela Citron Research, de Andrew Left, penaram na batalha com investidores de varejo que são fãs da GameStop.

O investidor de venture capital Chamath Palihapitiya ampliou o movimento de ganhos na terça-feira após o encerramento do pregão ao postar no Twitter sobre exigências de compra. Por sua vez, Elon Musk colocou no Twitter um link para um fio de discussões no Reddit sobre a empresa.

A ação da GameStop chegou a subir 68% após o fechamento do pregão e passou de US$ 240 em determinado momento, após uma valorização de 93% durante o horário regular de negociação.

Segundo um comunicado distribuído na segunda-feira, Ken Griffin e Steve Cohen, dois titãs no universo de fundos de hedge, apoiaram a Melvin Capital com uma injeção de US$ 2,75 bilhões após a firma perder cerca de 30% este ano. A Melvin Capital começou o ano com cerca de US$ 12,5 bilhões em ativos e a injeção de recursos vem na esteira do desfecho desfavorável de compras a descoberto, inclusive da GameStop, revelaram pessoas que conhecem a situação da empresa.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos