Mercado abrirá em 1 h 12 min

Can-Am Factory Racers fazem história vencendo o sexto Rally Dakar

Austin Jones se torna o mais jovem campeão consecutivo do Dakar no T3 e Eryk Goczal, o mais jovem vencedor do Dakar no T4

VALCOURT, QC, 17 de janeiro de 2023 /PRNewswire/ -- A Can-Am, marca da BRP (TSX: DOO) (NASDAQ: DOOO), conquistou seu sexto Rally Dakar consecutivo, vencendo a classe T3 Lightweight Prototype e a classe T4 Modified Production. Austin Jones e Seth Quintero, com a Red Bull Can-Am Factory Team, garantiram o primeiro e o segundo lugar geral na classe T3 Lightweight Prototype em suas máquinas Can-Am Maverick X3. Na classe T4, Eryk Goczal venceu em sua máquina Energylandia South Racing Can-Am, tornando-se o mais jovem vencedor do Rally Dakar, aos 18 anos, seguido por Rokas Baciuška da equipe Red Bull Factory Can-Am em segundo e Marek Goczal, completando o pódio T4, em terceiro. Essa conquista é uma importante declaração na corrida off-road mais difícil do mundo, com 15 dias de duração e cobrindo 8.500 quilômetros do difícil relevo da Arábia Saudita.

Can-Am Factory Racers fazem história vencendo o sexto Rally Dakar
Can-Am Factory Racers fazem história vencendo o sexto Rally Dakar

"Ver nossas equipes quebrando barreiras, estabelecendo novos recordes e alcançando novos níveis de sucesso é verdadeiramente inspirador para todos nós", disse Anne-Marie LaBerge, diretora de marketing da BRP. "Parabenizamos a equipe e estamos ansiosos para comemorar muitos outros marcos importantes com ela".

"A equipe teve um desempenho excepcional, conseguindo resultados com 25 dos 26 carros. Este Dakar foi particularmente desafiador, e o fato de termos alcançado sucesso nas categorias T3 e T4 é uma prova de nossa força. Somos gratos a todos que contribuíram para o nosso sucesso e agora esperamos um descanso muito necessário", disse Scott Abraham, chefe de equipe da South Racing e da Red Bull Can-Am Factory Team.

Com o início da corrida na classe T3, foi Francisco "Chaleco" Lopez quem saltou para a liderança geral após as duas primeiras etapas, mas cedeu a liderança para Seth Quintero após condições climáticas brutais na terceira etapa. Quintero então sofreu seus próprios problemas técnicos durante a quarta etapa e poderia ter perdido a liderança, mas felizmente a vitória de Austin Jones na terceira etapa e outras finalizações consistentes foram somadas para mantê-lo na batalha pela vitória geral. Jones assumiu a liderança geral após a etapa 11 e nunca mais olhou para trás, fazendo uma corrida inteligente e consistente até o final. Jones e seu co-piloto Gustavo Gugelmini terminaram a prova de 8.500 km em 51m55s53, seguidos por Quintero em segundo, Cristina Gutierrez em quarto e Chaleco em quinto. Cada membro da Red Bull Can-Am Factory Team na classe T3 garantiu pelo menos uma vitória de etapa, para um total de 6 vitórias de etapa e 13 pódios ao longo da corrida.

"A última perna foi muito difícil. Havia uma tonelada de lama, e eu estava muito ansioso, mas conseguimos chegar até o fim. Este tem sido o Dakar mais difícil que já corri. Tivemos nossa cota de altos e baixos, mas fomos em frente e agora somos campeões consecutivos! Estamos em êxtase. Um grande abraço a toda equipe e ao meu navegador Gustavo, que fez um trabalho incrível. Foi uma jornada incrível ao redor da Arábia Saudita. Ainda não estou pensando no próximo ano, mas voltarei!", disse Austin Jones, Red Bull Can-Am Factory Team Racer e o mais jovem bicampeão consecutivo do Dakar.

A categoria T4 foi cheia de ação, do início ao fim. Uma batalha entre Rokas Baciuška, da Red Bull Can-Am Factory Team, e o novato Eryk Goczal, da South Racing Can-Am Squad, manteve a corrida emocionante até a bandeirada final.  Eryk Goczal começou forte, com vitórias nas etapas um e quatro, mas Baciuška respondeu rapidamente, com vitórias nas etapas cinco e sete que o colocaram na liderança geral. A corrida permaneceu acirrada entre os dois até a fase final, com os dois pilotos trocando vitórias todo o tempo. Baciuška manteve a liderança geral até a última etapa, quando encontrou alguns problemas, e Goczal conquistou a vitória geral, tornando-se o mais jovem vencedor do Rally Dakar da história. O novato e seu co-piloto, Oriol Mena, terminaram a corrida com um tempo geral de 53:10.14, seguidos por Baciuška em segundo lugar e Marek Goczal, completando o pódio da Can-Am, em terceiro.

"Este é meu primeiro Dakar. É um dos meus sonhos estar aqui, e não poderia ser mais grato à minha família e à minha equipe – eles tornaram tudo isso possível. Corremos um grande risco para assumir a liderança geral há alguns dias, dei tudo o que tinha e valeu a pena", disse Eryk Goczal, Can-Am Racer da Energylandia South Racing e estreante vencedor do Dakar.

Sobre a BRP

Somos líderes globais no mundo de produtos para esportes a motor, sistemas de propulsão e barcos construídos em 80 anos de engenhosidade e foco intensivo no consumidor. Nosso portfólio de produtos diferenciados e líderes do setor inclui snowmobiles Ski-Doo e Lynx, embarcações e pontões Sea-Doo, veículos on-road e off-road Can-Am, barcos Alumacraft e Quintrex, pontões Manitou e sistemas de propulsão marítima Rotax, bem como motores Rotax para karts e aeronaves de recreio. Completamos nossas linhas de produtos com um portfólio dedicado de peças, acessórios e vestuário para aprimorar totalmente a experiência de pilotagem. Com vendas anuais de CA$ 7,6 bilhões em mais de 120 países, nossa força de trabalho global inclui cerca de 20.000 pessoas motivadas e talentosas.

www.brp.com 
@BRPNews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo Can-Am, Rotax, Alumacraft, Manitou, Quintrex e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as demais marcas pertencem aos respectivos proprietários.

Para consultas de mídia: Neil Storz, Relações com a Mídia, Can-Am, neil.storz@brp.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1984498/BRP_Inc__Can_Am_Factory_Racers_Make_History_Winning_Sixth_Dakar.jpg

 

FONTE BRP Inc.