Mercado fechado

Cogitado em Santos e Athletico, Ricardo Oliveira recusa 1ª oferta de rescisão do Galo

Ricardo Oliveira quer receber salários e imagens atrasadas antes de rescindir com o Galo (Bruno Cantini/Atlético)

Não será por falta de propostas que Ricardo Oliveira seguirá no Atlético-MG: o centroavante, de 40 anos, já foi sondado por Santos e Athletico Paranaense. Mas qualquer negociação só vai avançar depois que ele se acertar em relação às dívidas que o Galo tem neste momento.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

E a primeira oferta dos atleticanos para a rescisão antecipada do contrato já foi recusada - o vínculo termina em dezembro. A ideia do presidente Sérgio Sette Câmara era pagar ao longo de três anos os salários atrasados e também os recebíveis que ainda não venceram.

Leia também:

Ricardo Oliveira até topa parcelar aquilo que ainda teria a ganhar até dezembro, mas quer receber o mais rápido possível os salários e direitos de imagem pendentes: seu último salário depositado foi referente ao mês trabalhado em fevereiro e, em relação à imagem, em dezembro do ano passado.

O Blog apurou que, recentemente, o elenco do Atlético teve direito à parte dos salários do mês de março, mas Ricardo Oliveira, não. Isso pode ter sido parte de uma estratégia atleticana para forçar o atacante a aceitar de maneira mais rápida o rompimento contratual. Mas, ao que parece, não vai funcionar.

Ricardo Oliveira é um dos seis atletas na lista de dispensados de Jorge Sampaoli. Os outros são Di Franco, Edinho, José Wellison, Ramon Martinez e Lucas Hernandez.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.