Mercado fechará em 4 h 10 min
  • BOVESPA

    113.473,49
    +2.289,54 (+2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.449,46
    +71,99 (+0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,03
    +1,75 (+2,86%)
     
  • OURO

    1.716,50
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    49.744,18
    -1.012,77 (-2,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    994,19
    +6,98 (+0,71%)
     
  • S&P500

    3.827,70
    +7,98 (+0,21%)
     
  • DOW JONES

    31.325,40
    +55,31 (+0,18%)
     
  • FTSE

    6.639,89
    -35,58 (-0,53%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.663,00
    -18,75 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7319
    -0,0468 (-0,69%)
     

Alta nos pedidos de seguro-desemprego freia otimismo nos EUA

·1 minuto de leitura
(Arquivo) Construção em Miami, em 4 de fevereiro de 2021

Os pedidos iniciais de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiram na semana passada, freando as expectativas de uma recuperação gradual após a crise da pandemia - apontam dados publicados pelo governo nesta quinta-feira (18).

Na semana encerrada em 13 de fevereiro, os novos pedidos de seguro-desemprego tiveram uma alta de 13.000, chegando a 861.000, informou o Departamento do Trabalho.

O indicador ficou acima das expectativas dos analistas, que esperavam 775.000 pedidos.

O avanço do plano de vacinação e a queda do número de casos de coronavírus animaram as expectativas de uma melhora do mercado de trabalho, mas este ainda mostra as cicatrizes da pandemia. Há um ano, este indicador se encontrava em 215.000 solicitações.

Até 30 de janeiro, mais de 18,3 milhões de trabalhadores receberam algum subsídio, uma queda de mais de 1,3 milhão em relação à semana anterior, como mostraram os dados.

Ian Shepherdson, economista-chefe da consultoria Pantheon Macroeconomics, disse esperar uma tendência sustentada de baixa para os próximos meses com a reabertura da economia. Ele advertiu, porém, que os pedidos podem ser impulsionados de forma temporária pelos efeitos climáticos, após as tempestades no país esta semana.

an/tly/tt