Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.621,58
    -969,83 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    -373,84 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,53
    -0,25 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.819,90
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    20.085,34
    -222,01 (-1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    432,32
    -7,34 (-1,67%)
     
  • S&P500

    3.818,83
    -2,72 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    31.029,31
    +82,32 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.312,32
    -11,09 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    21.996,89
    -422,08 (-1,88%)
     
  • NIKKEI

    26.681,54
    -123,06 (-0,46%)
     
  • NASDAQ

    11.679,00
    -12,00 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4302
    +0,0196 (+0,36%)
     

Alta dos preços ao produtor no Brasil desacelera a 1,94% em abril

Fábrica da AGE do Brasil em Vinhedo

SÃO PAULO (Reuters) - Os preços ao produtor no Brasil subiram 1,94% em abril, desacelerando ante a alta de 3,12% em março, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.

O resultado de abril, que apesar da desaceleração ainda é o segundo mais elevado no ano, levou o Índice de Preços ao Produtor (IPP) acumulado em 12 meses a uma alta de 18,00%.

Entre as 24 atividades analisadas, 18 tiveram alta de preços, mas o IBGE apontou que o destaque de maior variação ficou com os preços na indústria extrativa, em queda de 11,54%.

"Vale observar que tanto o óleo bruto de petróleo, quanto o minério de ferro, os dois produtos de maior peso no setor (indústria extrativa), tiveram variação negativa, explicada devido às oscilações dos preços internacionais e à apreciação do real", disse diz o gerente da pesquisa, Alexandre Brandão.

O IPP mede a variação dos preços de produtos na "porta da fábrica", isto é, sem impostos e frete, de 24 atividades das indústrias extrativas e da transformação.

(Por Camila Moreira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos