Mercado fechará em 2 h 42 min
  • BOVESPA

    109.533,18
    +1.519,71 (+1,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.838,78
    +15,55 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,63
    +0,67 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.845,40
    +2,20 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    43.225,94
    +1.401,64 (+3,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.028,67
    +33,41 (+3,36%)
     
  • S&P500

    4.593,50
    +60,74 (+1,34%)
     
  • DOW JONES

    35.448,15
    +419,50 (+1,20%)
     
  • FTSE

    7.578,22
    -11,44 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.332,25
    +298,75 (+1,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1337
    -0,0337 (-0,55%)
     

Alta de custos de companhias aéreas podem travar queda das tarifas e aumento de voos

·1 min de leitura

SÃO PAULO - O aumento dos custos das companhias aéreas brasileiras, sobretudo em razão da desvalorização do real frente ao dólar, colocando sob risco o reestabelecimento da oferta de voos no patamar pré-Covid. Azul, Latam e Gol preveem ter suas malhas recompostas até o início de 2022, mas esses fatores podem postergar essa data.

Pesa também nesse cenário a crise na economia do país, que pode resultar em uma eventual recessão no próximo ano, além das preocupações trazidas pela variante Ômicron do coronavírus, que tem a possibilidade de impactar o crescente movimento de passageiros.

Com o avanço da vacinação no Brasil, em outubro, o número de passageiros em voos domésticos chegou a 76% do registrado antes da pandemia. Especialistas e executivos das três grandes companhias aéreas brasileiras alertam que os desafios postos agora podem limitar a queda no preço das tarifas e o aumento na oferta de voos.

Entenda quais serão as outras consequências para o setor de aviação e para as viagens no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos