Mercado fechará em 6 h 59 min
  • BOVESPA

    98.657,65
    +348,53 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.655,45
    -221,04 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,85
    +0,02 (+0,05%)
     
  • OURO

    1.907,30
    -4,40 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    11.770,12
    +713,11 (+6,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    237,57
    +3,90 (+1,67%)
     
  • S&P500

    3.426,92
    -56,89 (-1,63%)
     
  • DOW JONES

    28.195,42
    -410,89 (-1,44%)
     
  • FTSE

    5.895,13
    +10,48 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    24.569,54
    +27,28 (+0,11%)
     
  • NIKKEI

    23.567,04
    -104,09 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.718,50
    +68,25 (+0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6172
    +0,0183 (+0,28%)
     

Alonso esbanja otimismo e diz que pode liderar 500 Milhas de Indianápolis novamente

David Malsher
·2 minutos de leitura

Fernando Alonso acredita que seu carro é forte o suficiente para chegar à liderança da 104ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, depois de dar um "passo à frente" no treino final na sexta-feira.

O bicampeão mundial de Fórmula 1 foi apenas o 23º colocado no Carb Day e vai largar apenas na nona fila no domingo.

Leia também:

O'Ward coloca McLaren e Chevrolet na ponta no último treino antes das 500 Milhas; companheiro de equipe, Alonso é 23º Cúpula da Indy 500 se diz “maravilhada” por retorno de Alonso

Mas questionado pela NBC após o treino se o carro era bom o suficiente para chegar à frente, ele respondeu com um inequívoco "Sim".

Ele disse: “Você sempre aprende coisas. Tínhamos alguns itens para analisar no treino de hoje. Pelo menos dois foram positivos, um deles foi negativo, então acho que demos mais um passo à frente com equilíbrio e confiança no carro, então estamos muito felizes com os resultados.”

Alonso está tentando completar a "Tríplice Coroa". Embora no ano passado ele tenha sido prejudicado por um esforço desorganizado da McLaren, Alonso provou seu valor em 2017 correndo em um carro Andretti Autosport apoiado pela McLaren. Ele se classificou em quinto lugar e estava na liderança no último quarto da corrida quando seu motor parou.

Falando sobre a corrida de domingo, Alonso comentou: “Vai ser um desafio para todos. Acho que o carro deste ano é um desafio em termos de tráfego e configuração. Também vai estar mais quente no domingo.”

“Existem muitos fatores que vão tornar o carro e a corrida difíceis para todos, então só precisamos confiar na estratégia, na sorte, no ritmo puro, perseguir o equilíbrio nos pit stops e fazer o carro rápido para a parte final da a corrida.”

“Estamos começando na parte de trás, então é ainda mais desafiador, mas amamos esse tipo de coisa.”

TELEMETRIA: A volta de Alonso à F1 com a Renault por Rico Penteado, que conhece o espanhol de perto

PODCAST: O que resta para Massa no automobilismo após sair de equipe da F-E?

 

Your browser does not support the audio element.