Mercado abrirá em 5 h 35 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,94
    -2,01 (-2,87%)
     
  • OURO

    1.794,10
    +8,90 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    56.256,11
    -1.125,02 (-1,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.420,92
    -8,01 (-0,56%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.109,95
    +65,92 (+0,94%)
     
  • HANG SENG

    23.201,08
    -651,16 (-2,73%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.284,25
    -106,50 (-0,65%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3393
    +0,0101 (+0,16%)
     

Alongamento é fundamental para quem trabalha em computador; confira benefícios

·3 min de leitura

Quem tem o costume de praticar exercícios regularmente provavelmente já coloca em prática alguma rotina — ainda que breve — de alongamentos antes das atividades. Mas uma pontuação pertinente, e que poucos sabem, é que além de sua importância para o condicionamento físico, o alongamento também conta com uma série de benefícios, e pode ajudar inclusive quem está de home office.

Maior flexibilidade

Talvez um dos benefícios mais claros do alongamento é o aumento da flexibilidade. "O alongamento promove o aumento do comprimento das estruturas de tecidos moles que tiveram encurtamento adaptativo. É a técnica que aumenta a extensão de músculos, tendões e tecido conjuntivo periarticular. Ou seja, o alongamento 'devolve' o estiramento das fibras musculares que perdemos com o tempo", explica Keith Mary de Souza Sato Urbinati, educadora física e professora do curso de Educação Física da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Prevenção de lesões

De acordo com Keith, o alongamento é fundamental para pessoas que passam muito tempo sentadas, pois é preventivo para futuras lesões. Segundo uma publicação da Universidade Harvard (EUA), a fraqueza dos músculos das costas e abdominais pode causar ou piorar a dor lombar, então alongar e fortalecer os músculos das costas e abdominais é importante não apenas para tratar a dor lombar, mas também para ajudar a prevenir a recorrência do problema.

Postura alinhada

A educadora física e professora do curso de Educação Física da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). ressalta que o alongamento auxilia na correção de posturas inadequadas, o que só reforça a importância da prática para quem trabalha sentado. Um estudo publicado no Journal of Physical Therapy Science aponta que uma combinação de fortalecimento e alongamento de grupos musculares específicos pode reduzir a dor musculoesquelética e estimular o alinhamento adequado, o que, por sua vez, pode ajudar a melhorar a postura.

(Imagem: Pressmaster/Envato)
(Imagem: Pressmaster/Envato)

Circulação sanguínea

De acordo com um estudo publicado na National Library of Medicine, executar alongamentos regularmente pode melhorar a circulação sanguínea, aumentando o fluxo sanguíneo para os músculos. Isso encurta o tempo de recuperação e reduz a dor muscular. "A circulação sanguínea aumenta devido a maior necessidade de oxigênio e substratos energéticos para o trabalho muscular. Especialmente em exercícios de membros inferiores, o alongamento aumenta o retorno venoso", explica Keith.

Desempenho físico

Outra pesquisa publicada na National Library of Medicine aponta que a realização de alongamentos antes das atividades físicas ajuda a preparar os músculos para a atividade e acaba inclusive melhorando o desempenho no exercício em questão.

Movimentos amplos

Um estudo do International Journal of Sports Physical Therapy aponta que os alongamentos são eficazes quando se trata de aumentar a amplitude de movimento, principalmente se a pessoa alonga um músculo até o limite.

Como alongar de forma correta

A educadora física ressalta alguns fatores para prestar atenção na hora do alongamento, para fazer de maneira correta. O primeiro deles é a respiração: "Respirações profundas e lentas aumentam o relaxamento muscular. Em geral, a respiração dita o ritmo do exercício", relembra a especialista. "Vá até o seu limite para evitar possíveis lesões", acrescenta.

Keith também reforça sobre constância e gradação: "Não adianta realizar exercícios de alongamento uma vez por semana. Realize todos os dias, ou ao menos três vezes por semana, sempre respeitando seus limites", recomenda. "Exercícios de alongamento podem ser realizados em qualquer lugar, inclusive no escritório", conclui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos