Mercado fechará em 5 h 53 min
  • BOVESPA

    112.184,14
    -1.628,73 (-1,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.444,32
    -285,48 (-0,59%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,36
    -0,14 (-0,15%)
     
  • OURO

    1.766,80
    -4,40 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    21.455,21
    -1.995,70 (-8,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    508,69
    -32,91 (-6,08%)
     
  • S&P500

    4.241,62
    -42,12 (-0,98%)
     
  • DOW JONES

    33.771,22
    -227,82 (-0,67%)
     
  • FTSE

    7.556,88
    +15,03 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.318,00
    -205,25 (-1,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2200
    +0,0062 (+0,12%)
     

Allianz paga 140 mi de euros para fechar unidade nos EUA após fraude

Por Tom Sims e Alexander Hübner

FRANKFURT (Reuters) - A Allianz divulgou nesta sexta-feira que gastou cerca de 140 milhões de euros com reestruturação para encerrar uma unidade de fundos dos EUA envolvida numa fraude multibilionária.

Em maio, a seguradora alemã concordou em fechar a Allianz Global Investors, como parte de uma confissão de culpa por fraude de valores mobiliários e um acordo de 6 bilhões de dólares com autoridades e reguladores dos Estados Unidos.

A acusação, revelada no balanço do segundo trimestre, é um resquício das consequências do caso que tem manchado a reputação de uma das empresas mais valiosas da Alemanha por meses.

O lucro líquido atribuível aos acionistas de 1,706 bilhão de euros no trimestre ficou abaixo da previsão de consenso de 1,846 bilhão e caiu em relação aos 2,225 bilhões do ano anterior.

Mas a meta da seguradora, de lucro operacional entre 12,4 bilhões e 14,4 bilhões de euros em 2022 ficou intacta.

"Estamos bem posicionados para administrar o impacto da alta inflação e as pressões econômicas que são particularmente evidentes na Europa", disse o presidente-executivo Oliver Baete.

Os mercados voláteis afetaram a Allianz no trimestre, levando-a a assumir uma baixa contábil de 282 milhões de euros e também levando a uma queda de 12% no lucro operacional em sua divisão de seguro de vida e saúde.

(Por Tom Sims e Alexander Huebner)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos