Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,26
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.746,90
    -2,90 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    44.820,72
    +1.504,89 (+3,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.123,43
    +14,51 (+1,31%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    30.208,73
    +569,33 (+1,92%)
     
  • NASDAQ

    15.330,75
    +27,25 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2266
    +0,0016 (+0,03%)
     

Alimentos e habitação pressionam e IPC-Fipe sobe 1,44% em agosto

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo acelerou a alta a 1,44% em agosto depois de subir 1,02% em julho, sob pressão dos custos de alimentação e habitação.

Segundo os dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgados nesta quinta-feira, o grupo Alimentação exerceu o maior peso sobre o índice do mês, com alta de 2,29%.

Os preços de Habitação vieram em seguida, com alta de 1,50% no mês de agosto.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

(Por Camila Moreira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos