Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.857,07
    +42,61 (+0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Alibaba vai parar de vender máquinas de mineração de criptomoeda

·1 min de leitura
Alibaba, o maior varejista online da China, vai parar de vender máquinas de mineração de criptomoeda, de acordo com um anúncio publicado online na segunda-feira (27). (REUTERS/Tingshu Wang)
  • Maior varejista da China segue o governo e quer evitar mineração das moedas

  • Conteúdos e softwares também estarão proibidos de serem negociados

  • Medida entrará em vigor em 8 de outubro; China proibiu criptomoedas

Alibaba, o maior varejista online da China, vai parar de vender máquinas de mineração de criptomoeda, de acordo com um anúncio publicado online na segunda-feira (27). A proibição ocorre depois que o governo chinês fez seu próprio anúncio abrangente na sexta-feira (24), banindo todo o comércio de criptomoedas no país.

Leia também:

A nova proibição está chamando atenção por sua proibição de vendas de máquinas de criptografia, mas também inclui outras facetas da criptografia, incluindo as próprias moedas, bem como quaisquer tutoriais.

Do anúncio do Alibaba:

Alibaba.com proibirá a venda de mineradores de moeda virtual, além da proibição de venda de moedas virtuais, como Bitcoin, Litecoin, BeaoCoin, QuarkCoin e Ethereum, que incluem, mas não estão limitados a:

1) Hardware e software usados ​​para obter moedas virtuais, como mineradores de Bitcoin;

2) Tutoriais, estratégias e software para obter moedas virtuais, como tutoriais de mineração.

A proibição entrará em vigor em 8 de outubro, de acordo com a gigante do varejo, embora os vendedores terceirizados não enfrentem consequências graves por quebrar as regras até 15 de outubro.

China proibiu comércio de criptomoedas

A China tem reprimido de forma extremamente dura as criptomoedas recentemente, à medida que mais e mais evidências se acumulam sobre como elas são terríveis para o meio ambiente. Os entusiastas do Bitcoin insistem que as criptomoedas não são tão ruins, embora alguns mineradores ecológicos tenham começado a encontrar maneiras não convencionais de tornar a tecnologia mais verde, incluindo um plano recente de abordar a indústria de energia nuclear.

O governo central chinês não gosta de criptomoedas há algum tempo, embora em grande parte tenha deixado os regulamentos sobre mineração para os governos locais. Tudo mudou na sexta-feira com a proibição total da criptografia na China, o que torna extremamente difícil para os entusiastas da criptografia operarem no país em qualquer nível.

Os promotores da criptografia insistem que moedas como bitcoin e ethereum não reconhecem fronteiras e que a proibição da China não pode impedir as pessoas de negociar. Mas muitas pessoas que possuem criptografia estão interagindo com uma bolsa, não segurando as chaves de sua própria carteira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos