Mercado fechado

Alibaba prevê entrada na Bolsa de Hong Kong de US$ 15 bilhões

(Arquivo) Daniel Zhang, presidente executivo da gigante do comércio online Alibaba, na World Internet Conference, na cidade chinesa de Wuzhen

O grupo chinês de comércio virtual Alibaba espera arrecadar 15 bilhões de dólares em sua entrada na Bolsa de Hong Kong, informou a agência de notícias financeiras Bloomberg.

Na próxima semana, o grupo terá uma reunião com as autoridades da Bolsa de Valores, indicou a agência.

Esta é a maior entrada na Bolsa de Hong Kong desde 2010. O território é cenário há cinco meses de uma grave crise política pelas manifestações do movimento pró-democracia.

Se o valor de 15 bilhões de dólares for confirmado, o grupo fundado por Jack Ma ficaria abaixo das previsões divulgadas em maio pela Bloomberg, antes das manifestações, que projetavam US$ 20 bilhões.

Alibaba está presente em Wall Street desde 2014, onde arrecadou 25 bilhões de dólares, um recorde absoluto.

O grupo fundado em 1999 se tornou um dos maiores do mundo em termos de capitalização na Bolsa.