Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    36.889,72
    +36.889,72 (+0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

AliExpress planeja abrir no Brasil plataforma para vendedores locais

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
AliExpress, com marketplace em breve no Brasil. (Foto: Getty Images)
AliExpress, com marketplace em breve no Brasil. (Foto: Getty Images)

Uma novidade da AliExpress no Brasil promete movimentar o setor de pequenas e médias empresas no país. Trata-se da abertura de uma plataforma que permitiria aos vendedores locais enviarem seus produtos para diversos países do mundo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

É um “marketplace” da AliExpress, mas com sede no Brasil. Assim, a infraestrutura e sistema de logística da gigante chinesa, parte do grupo Alibaba, do fundador Jack Ma, poderia ser usada, assim como sua “frente de loja” digital, por essas pequenas empresas.

Leia também:

Os benefícios são muitos. Esses vendedores contariam com toda a experiência, estrutura tecnológica da AliExpress para ampliar a possibilidade de alcance de seus negócios.

Segundo coluna do jornal O Globo, fontes afirmam que o lançamento do marketplace da AliExpress do Brasil pode acontecer ainda no início, dentro do primeiro trimestre, de 2021.

De acordo com a reportagem do jornal, a AliExpress já teria inclusive iniciado os investimentos para o lançamento do novo negócio, que estaria em etapa de análise de possíveis empresas parceiras que tenham capacidade logística para dar conta da demanda promovida pelo site.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube