Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    47.582,89
    -9.231,26 (-16,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Alexandre de Moraes ordena prisão de Allan dos Santos e aciona Ministério da Justiça para extradição

·1 min de leitura
***ARQUIVO**BRASÍLIA, DF, 27.05.2020 - O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO**BRASÍLIA, DF, 27.05.2020 - O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), ordenou a prisão do influenciador bolsonarista Allan dos Santos, do site Terça Livre.

Como Santos está nos EUA, para onde se mudou após entrar na mira dos inquéritos das fake news e atos antidemocráticos, o ministro acionou o Ministério da Justiça para que seja solicitada sua extradição.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o pedido de prisão foi feito pela Polícia Federal, e a PGR (Procuradoria-Geral da República) se manifestou contra.

Nas últimas semanas o Instagram, YouTube e Twitter suspenderam as contas de Santos e do seu site, o Terça Livre, também por ordem de Moraes no inquérito das milícias digitais.

O ministro ainda autorizou busca e apreensão na casa de um ex-estagiária do ministro Ricardo Lewandowski, do STF, tratada por Santos como informante em conversas reveladas pelo jornal Folha de S.Paulo.

O influenciador driblou a decisão de Moraes e tem veiculado os programas de seu site na página Artigo 220.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos